Cotidiano

Sindicato cobra diálogo antes de volta às aulas na rede pública em Dourados

Educação como atividade essencial abre a possibilidade da volta de aulas presenciais

Fábio Oruê Publicado em 12/05/2021, às 16h35

Prefeitura de Dourados vai voltar com as aulas municipais
Prefeitura de Dourados vai voltar com as aulas municipais - Foto: Arquivo/ Jornal Midiamax

Representantes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Dourados cobraram diálogo com a prefeitura antes da retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino do município. 

Na última segunda-feira (10), a Prefeitura de Dourados apresentou o Projeto de Lei 10/2021 na Câmara Municipal, que torna a educação como atividade essencial e anunciou o retorno às aulas presencias na educação infantil, porém, não estipulou data para que isso ocorra.

Segundo o site Dourados News, representantes do Simted estiveram na prefeitura na manhã desta quarta-feira (12), para tentar agenda com o prefeito Alan Guedes (PP) a respeito do retorno das aulas na rede pública.

Eles pedem a imunização de todos os trabalhadores da educação com as duas doses da vacina contra a Covid-19. O sindicato ressalta que os servidores da educação que receberam a vacina, tomaram apenas a primeira dose, e a previsão para a segunde é apenas em agosto.

“Essa volta imediata está equivocada e ameaça à saúde pública e o combate à pandemia. A prefeitura está se baseando somente na aplicação da primeira dose da vacina para profissionais da educação”, afirma.

Além da prefeitura, o sindicato busca diálogo a Comissão de Educação da Câmara Municipal de Dourados, visando que o projeto de lei que torna a educação serviço essencial e o decreto que põe fim ao teletrabalho aos profissionais imunizados somente com uma dose da vacina sejam revistos e retirados de pauta.

Jornal Midiamax