Cotidiano

Fiscais fazem ‘batida’ em hotel que reúne vereadores de MS na pandemia e não encontram irregularidades

O curso de capacitação que conta com participação de pelo menos 75 vereadores de Mato Grosso do Sul em hotel de Campo Grande durante o pico da pandemia do coronavírus é fiscalizado por equipes da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) e também da Vigilância Sanitária, nesta quinta-feira (18). Equipes com fiscais […]

Aliny Mary Dias Publicado em 18/03/2021, às 14h28 - Atualizado às 18h49

Equipes fazem fiscalização em hotal nesta quinta (Foto: Danielle Errobidarte, Midiamax)
Equipes fazem fiscalização em hotal nesta quinta (Foto: Danielle Errobidarte, Midiamax) - Equipes fazem fiscalização em hotal nesta quinta (Foto: Danielle Errobidarte, Midiamax)

O curso de capacitação que conta com participação de pelo menos 75 vereadores de Mato Grosso do Sul em hotel de Campo Grande durante o pico da pandemia do coronavírus é fiscalizado por equipes da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) e também da Vigilância Sanitária, nesta quinta-feira (18).

Equipes com fiscais que analisaram se há descumprimento de medidas contra o avanço da pandemia chegaram ao hotel Grand Park, localizado na Avenida Afonso Pena, por volta das 14h30. De acordo com os fiscais, não foram encontradas irregularidades.

Mais cedo, ao Jornal Midiamax, diretor-executivo instituto responsável pelo curso, o IFAG (Instituto de Formação e Assessoria de Gestão Pública), Edmilson Dudu Barbosa, afirmou que os vereadores estão divididos em três salas. Cada sala teria capacidade para 250 pessoas e, conforme a organização, há ocupação de 38 pessoas por sala.

No entanto, imagens compartilhadas nas redes sociais indicam que nesta manhã, no primeiro dia de curso, várias cadeiras estavam posicionadas sem distanciamento de 1,5 entre elas, o que é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

O evento, que teve início nesta quarta-feira (17) com credenciamento e testagem para coronavírus, tem aulas nesta quinta e sexta-feira. A aula que está sendo realizada hoje tem como tema o desenvolvimento das ações na Câmara Municipal.

O organizador afirma ainda que o IFAG está cumprindo o decreto, de manter 50 alunos por sala. “O salão é para 250 pessoas, o decreto permite 50 e nós estamos com 38 alunos. Além de disponibilizar álcool em gel e uso obrigatório de máscara”. Sobre a realização do curso em pleno pico da pandemia, com maior número de mortes nunca antes registrado, Dudu afirma que é necessário proteger a vida, mas também a economia.

Ao Jornal Midiamax, representantes do Grand Park Hotel afirmaram, nesta quarta, que o evento segue as regras de distanciamento determinadas pelo município em razão da ocupação da salas estar abaixo de 50%.

Fiscais fazem 'batida' em hotel que reúne vereadores de MS na pandemia e não encontram irregularidades
Vereadores participam de curso em salas fechadas (Foto Midiamax)
Jornal Midiamax