Cotidiano

Prefeitura de Campo Grande prorroga toque de recolher às 22h até 21 de janeiro

Decreto publicado em edição extra do Diário Oficial do Município prorroga toque de recolher por mais duas semanas neste mês de janeiro.

Jones Mário Publicado em 04/01/2021, às 19h01 - Atualizado em 05/01/2021, às 09h40

Viaturas da Guarda Civil durante operação do Toque de Recolher. (Foto: Divulgação, GCM, Arquivo).
Viaturas da Guarda Civil durante operação do Toque de Recolher. (Foto: Divulgação, GCM, Arquivo). - Viaturas da Guarda Civil durante operação do Toque de Recolher. (Foto: Divulgação, GCM, Arquivo).

A prefeitura de Campo Grande prorrogou o toque de recolher até o próximo dia 21 de janeiro. Conforme o decreto 14.587/2021, publicado hoje (4) em edição extra do Diário Oficial, o período de confinamento domiciliar obrigatório continua das 22h às 5h.

A Capital está sob toque de recolher desde meados de março de 2020, como medida para frear o deslocamento de pessoas e frear o contágio pela covid-19. O horário de início foi adiantado das 00h para as 22h no início de dezembro passado, quando os casos e mortes voltaram a disparar. O toque de recolher foi prorrogado duas semanas depois e venceria amanhã, 5 de janeiro.

O novo decreto mantém as demais medidas de restrição. Serviços essenciais como postos de combustíveis, farmácias e delivery podem continuar operando. Todos os estabelecimentos com atendimento ao público devem se limitar a receber até 40% da capacidade, inclusive igrejas e outros templos religiosos.

Eventos esportivos e campeonatos continuam proibidos, bem como qualquer tipo de aglomeração como rodas de tereré e narguilé.

Jornal Midiamax