Cotidiano

Ônibus de Campo Grande circulam com adesivo contra ICMS no diesel após congelamento do imposto

Consórcio Guaicurus informou que adesivo é alusivo à campanha nacional

Mariane Chianezi Publicado em 22/11/2021, às 17h46

None
Fala Povo, Midiamax

Nos últimos dias, ônibus do transporte público de Campo Grande circulam com adesivo pedindo por isenção de (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) do diesel.

Ao Jornal Midiamax, o Consórcio Guaicurus explicou que os adesivos são alusivos a uma campanha nacional. Apesar da empresa ter afirmado que o ato faz parte de movimento nacional, a reportagem não encontrou nenhuma mobilização nas redes sociais ou em referências nacionais recentes sobre o assunto. O manifesto acontece três semanas após congelamento do imposto no país.

Em 29 de outubro, o Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), formado pelo governo e representantes dos estados, aprovou o congelamento por 90 dias do chamado "preço médio ponderado ao consumidor final". É sobre esse preço médio que incide o ICMS estadual cobrado nas vendas de combustíveis.

A medida ocorre em meio à forte alta dos combustíveis, provocada pelo aumento do petróleo no mercado internacional e pela disparada do dólar - fatores levados em conta pela Petrobras para calcular o preço do nas refinarias.

Jornal Midiamax