Cotidiano

O impacto da Covid na segurança das visitas a salões de beleza

Produção Publicado em 29/06/2021, às 10h31

None
Foto da internet

De antemão, o Covid 19 afetou a frequência das visitas dos clientes aos salões de beleza desde o começo da pandemia.

Ainda mais porque antes não havia tanta informação como agora sobre as medidas de prevenção e controle  do coronavírus.

Desse modo, durante esse período  muitos empreendedores buscaram informar-se, primordialmente sobre como poderiam continuar o atendimento sem riscos para os clientes e para os profissionais.

Talvez algumas pessoas tenham receio de voltar a visitar os salões de beleza, no entanto, a melhor maneira de saber quando voltar é consultando o cabeleireiro.

O cliente pode solicitar por telefone a informação sobre as medidas de segurança que estão sendo tomadas no salão.

Bem como, ele terá uma  fonte de informação precisa  e confiável, para se sentir mais seguro no momento de reservar o atendimento.

Maneiras seguras de Reservar o atendimento

Em primeiro lugar, se o cliente gostaria de continuar seus tratamentos capilares, faciais ou corporais no salão de beleza, isso é possível através do atendimento personalizado.

Em outras palavras, por meio de uma reserva online no aplicativo no Booksy.com  por exemplo, o cliente agenda um serviço com horário marcado só para ele.

Dessa forma, a pessoa reserva seu horário online e sem a necessidade de se dirigir ao salão fora do horário agendado.

Os salões de beleza estão utilizando os meios digitais para a comunicação e divulgação dos seus serviços para a sua clientela.

Com a retomada das atividades  e abertura dos salões de beleza, os profissionais estão trabalhando para assegurar uma visita segura e satisfatória para o público.

Adaptação, flexibilidade e  personalização

Acima de tudo, em meio às dificuldades que o setor vem passando para manter  o  seu trabalho, os profissionais estão se adaptando às recomendações das autoridades sanitárias.

Um dos grandes aliados dos profissionais nessa prevenção é a limpeza e higienização, pois a limpeza das superfícies, instrumentos,  lixeiras deve ser constante.

Da mesma forma, o uso do álcool em gel para higienizar as mãos é indispensável, além do uso da máscara.

Em relação aos profissionais que atuam tanto na área de cuidados com os cabelos, depilação, manicure e pedicure, eles poderão utilizar equipamentos de proteção individual como: luvas, óculos de proteção, touca, avental e protetor facial.

A circulação de ar nos espaços fechados deve ser constante para diminuir os riscos de contágio.

Assim como devem ser evitadas a presença de muitas pessoas no ambiente interno, a organização e o controle da agenda permitirão atender cada pessoa no seu tempo.

Uma nova realidade

Os tempos vividos por muitos setores comerciais, primordialmente os dos salões de beleza e estéticas, não têm sido fáceis.

Muitos profissionais estão reinventando os seus serviços e flexibilizando sua forma de atendimento para buscar soluções financeiras e estratégicas para seguir adiante.

A nova realidade imposta exige paciência, criatividade e cuidados entre todos no momento do atendimento.

Afinal, os profissionais querem continuar fazendo o trabalho para qual eles se especializaram de uma maneira segura para ambos.

Jornal Midiamax