Cotidiano

Nesta semana, 74% dos municípios de MS alegaram falta de vacinas para 2ª dose contra Covid-19

Falta de doses causa atraso na vacinação prevista para quem já tomou a primeira dose

Pesquisa foi realizada pela CNM, em MS e em outros Estados.
Pesquisa foi realizada pela CNM, em MS e em outros Estados. - Foto: Reprodução.

Nesta semana, faltaram doses para a segunda aplicação da vacina contra a Covid-19 em 74,4% dos municípios de Mato Grosso do Sul. Os dados são da CNM (Confederação Nacional dos Municípios), publicada nesta sexta-feira (30). 

A pesquisa procura descobrir como está o cenário de vacinação e atendimento da Saúde durante a pandemia, nos municípios dos estados. Assim, quando questionados sobre a falta de imunizantes para segunda aplicação, 29 cidades de MS afirmaram que sofreram com a falta dessas vacinas.

Ou seja, não conseguiram aplicar o reforço no prazo estipulado. No total, foram ouvidas 39 gestões municipais, sobre o período de 26 a 29 de abril. Assim, as outras 10 cidades afirmaram que não tiveram problemas com a falta de 2ª dose contra a Covid-19. 

Já na primeira dose, 33,3% dos municípios ficaram sem imunizantes para aplicação em grupos prioritários. Então, 13 cidades afirmaram ter ficado sem doses para continuar a vacinação contra o coronavírus. Outras 26 disseram que não tiveram este problema. 

Lembrando que até agora, Mato Grosso do Sul recebe vacinas contra Covid-19 apenas do Ministério da Saúde. Assim, os lotes são aguardados semanalmente, mas dependem do Governo Federal.

Jornal Midiamax