Cotidiano

Morre primeira pessoa com subtipo de gripe H3N2 em Mato Grosso do Sul

Segundo SES, rapaz de 21 anos foi a primeira morte registrada

Lucas Mamédio Publicado em 28/12/2021, às 14h05

Boletim de hoje aponta primeira morte
Boletim de hoje aponta primeira morte - (Foto: Divulgação)

Segundo boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretária de Estado de Saúde de MS) nesta terça-feira (28), foi registrada a primeira morte pelo subtipo H3N2, da influenza A, no Estado. Segundo a SES a vítima foi um rapaz de 21 anos de Campo Grande.

"Trata-se de um jovem de 21 anos de Campo Grande que deu entrada no CRS Nova Bahia no dia 20 de dezembro e veio a óbito no dia 21 de dezembro. O paciente não apresentava histórico de comorbidades", diz a nota da SES.

Ainda segundo o boletim, dos 31.499 casos confirmados de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), 44 foram causados pela influenza A e todos da cepa H3N2.

Já Campo Grande confirmou 41 casos da cepa H3N2. A informação foi divulgada pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), na manhã desta terça-feira (28). Até nesta segunda-feira (27), a cidade registrava 10 casos.

Ontem, durante uma agenda, o Secretário de Saúde da Capital, José Mauro, destacou que não existe motivo para ‘pânico’ e que a atualização da vacina já deve acontecer logo nos primeiros meses de 2022.

Jornal Midiamax