Cotidiano

Em 24h, casos confirmados de H3N2 saltam de 10 para 41 em Campo Grande

Secretário municipal de saúde diz que 'não há motivo para pânico'

Anna Gomes Publicado em 28/12/2021, às 09h40

Campo Grande confirmou 41 casos da cepa H3N2.
Campo Grande confirmou 41 casos da cepa H3N2. - Arquivo/Midiamax

Campo Grande confirmou 41 casos da cepa H3N2. A informação foi divulgada pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), na manhã desta terça-feira (28). Até nesta segunda-feira (27), a cidade registrava 10 casos.

Ontem, durante uma agenda, o Secretário de Saúde da Capital, José Mauro, destacou que não existe motivo para ‘pânico’ e que a atualização da vacina já deve acontecer logo nos primeiros meses de 2022.

O secretário ainda adiantou que logo dos primeiros meses do próximo ano, Campo Grande vai receber vacinas contra a gripe já atualizadas com anticorpos para combater a H3N2.

“Em março ou abril de 2022 já vai ter remessa de vacinas para a nova cepa. Não é uma situação de pânico como estamos observando”, explicou.

Mauro também ressaltou que não existe uma prerrogativa do Ministério da Saúde para testar a população para a H3N2 e que os testes estão sendo realizados pelo comércio privado.

“Tem muita gente em busca do teste para H3N2 e eu sei de onde está vindo essa orientação. Temos unidades sentinelas para saber que o vírus está circulando em Campo Grande. Não é prerrogativa do Ministério da Saúde testar a população para a H3N2, o que existe é o comércio privado oferecendo o teste para uma questão comercial”.

Jornal Midiamax