Cotidiano

Ministério da Saúde anuncia distribuição de 3,3 milhões de doses de vacina a estados

O Ministério da Saúde anunciou na manhã desta segunda-feira (15) a distribuição de mais 3,3 milhões de doses da CoronaVac – vacina contra covid produzida pelo Instituto Butantan – esta semana aos estados. Além disso, a partir de quarta-feira (17), a pasta informou que irá receber o primeiro lote do imunizante da AstraZeneca/Oxford produzido pela […]

Gabriel Maymone Publicado em 15/03/2021, às 12h19

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

O Ministério da Saúde anunciou na manhã desta segunda-feira (15) a distribuição de mais 3,3 milhões de doses da CoronaVac – vacina contra covid produzida pelo Instituto Butantan – esta semana aos estados. Além disso, a partir de quarta-feira (17), a pasta informou que irá receber o primeiro lote do imunizante da AstraZeneca/Oxford produzido pela Fiocruz no Brasil.

Apesar das confirmações, o governo federal ainda não definiu as datas e  nem o quantitativo de doses que serão enviadas aos estados. “O cronograma de distribuição está em elaboração e será divulgado assim que for concluído”, informou o Ministério da Saúde ao Jornal Midiamax.

Ainda na quarta-feira (17), está prevista outra remessa de 2 milhões de doses do Instituto Butantan, que deve entregar um total de 22,7 milhões de doses somente até o final deste mês.

O Butantan ainda afirma que trabalha para enviar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades.

Doses em MS

Até esta segunda-feira (15), Mato Grosso do Sul já recebeu 317.060 doses de vacina para covid, sendo que 229.155 já foram aplicadas.

O 7º lote dos imunizantes chegou ao Estado na terça-feira da semana passada (09), quando foram entregues 30,6 mil doses a MS.

A primeira remessa de vacinas contra a Covid-19 chegou ao Estado em 18 de janeiro, com 158,7 mil doses da Coronavac. O segundo lote foi recebido em 24 do mesmo mês, com 22 mil doses da vacina Astrazeneca, produzida pela Universidade de Oxford e a Fiocruz (Fundação Oswvaldo Cruz).

Assim, o terceiro lote chegou em 25 de janeiro, com 10,2 mil doses da Coronavac. Então, a quarta remessa chegou em 7 de fevereiro, com 32 mil doses de vacina contra a Covid-19.

Já o quinto carregamento foi recebido em 24 de fevereiro, com 35,7 mil doses, sendo 22,5 mil da Astrazeneca e 13,2 mil unidades da Coronavac. Por fim, o último lote recebido por MS foi o sexto, com 27,8 mil doses da vacina contra a Covid-19.

Jornal Midiamax