publicou decreto que limita em 5% reajuste

Além disso, o prefeito alega que o poder público precisa “proteger os cidadãos, inclusive com desonerações e reduções das tarifas”.

Portanto, a publicação considera que “fazem-se necessárias medidas que auxiliem e promovam a retomada do desenvolvimento econômico de toda a cidade, sendo que, o aumento da tarifa para os munícipes, certamente contraria as premissas da atividade produtiva, a exemplo do consumo e emprego, sobretudo em momentos de crise”.

Saiba Mais