Cotidiano

Fiéis amanhecem na igreja para agradecer e relatam bênçãos de Nossa Senhora Aparecida em Campo Grande

Na Paróquia São José, missa começou às 6 horas com cerca de 200 fiéis

Mylena Rocha e Renata Barros Publicado em 12/10/2021, às 08h57

Devotos da santa há 20 anos, fiéis compareceram para agradecer as bênçãos.
Devotos da santa há 20 anos, fiéis compareceram para agradecer as bênçãos. - Leonardo de França/Midiamax

Os fiéis acordaram cedo para celebrar e agradecer a Nossa Senhora Aparecida, em Campo Grande. O dia da padroeira do Brasil é comemorado nesta terça-feira (12) e a missa começou cedo em diversas igrejas da cidade. Na Paróquia São José, no Centro da Capital, a missa começou às 6h15 e o que não faltam são histórias de bênçãos para contar e agradecer.

A celebração contou com cerca de 200 pessoas nesta manhã, um número reduzido por conta da pandemia. O aposentado Geraldo Aparecido da Silva, de 64 anos, não perdeu a oportunidade de celebrar as bênçãos da santa. Ele frequenta a paróquia há 18 anos, quando costumava trazer o pai.

Geraldo disse que não podia deixar de comparecer no dia da missa de Nossa Senhora Aparecida. “Sempre que com fé eu pedi, tive as graças. A fé é o que move a gente”, frisa.

O aposentado conta que uma das maiores graças que recebeu foi ainda em 991, quando a família morava em Campo Grande, mas ele tinha que trabalhar em uma cidade do Paraná. Ele conta que pediu que a santa o abençoasse com uma oportunidade de ficar perto da família, o que aconteceu. “A maior graça foi essa, poder ficar perto dos meus filhos”.

O ex-contador e paroquiano da São José, Sidnei Cardoso, de 45 anos, frequenta a paróquia há mais de 20 anos. Ele conta que foi na igreja que conheceu sua esposa e formou uma família. Sidnei explica que a maior graça concedida pela santa aconteceu há quatro anos, quando ele teve um ataque cardíaco. “Eu estava chegando no trabalho, liguei o computador, quando vi a logo da empresa, desmaiei. Fiquei em coma e só saí do hospital dois meses depois”, relata.

Sidnei explica que era quase impossível que ele saísse dessa sem sequelas, o que aconteceu. Ele atribui o milagre à Nossa Senhora Aparecida, para quem sua mãe rezou todos os dias. “Há duas semanas, fui no Santuário de Nossa Senhora Aparecida em São Paulo para agradecer. Foi único e muito especial. Eu renasci”.

Dia de Nossa Senhora Aparecida é celebrado nesta terça-feira. (Foto: Leonardo de França)

Jornal Midiamax