Cotidiano

Família faz rifa para pagar tratamento de motociclista que fraturou a face em Campo Grande

Depois de sofrer acidente, Bruno Espinoza sofreu fraturas no rosto. A família organizou uma rifa e espera arrecadar até R$ 10 mil. 

Mylena Rocha Publicado em 23/02/2021, às 11h40

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução) - (Foto: Reprodução)

Depois de sofrer acidente ao colidir contra uma árvore no bairro Jardim Novos Estados, Bruno da Silva Espinoza sofreu diversas fraturas no rosto em Campo Grande. O jovem de apenas 18 anos trabalhava com o pai com jardinagem e agora precisa de ajuda para o tratamento. Para arcar com os custos, a família organizou uma rifa e espera arrecadar até R$ 10 mil. 

A família conta que Bruno estava com um capacete aberto na área do queixo e, por isso, o rosto foi fraturado com o acidente. “No momento do acidente, a língua foi decepada, alguns dentes foram perdidos e outros amoleceram, quebrou vários ossos da face, bebeu muito sangue e ficou em coma induzido. A língua foi reconstituída após cirurgia de emergência, o maxilar foi colocado no lugar, os ossos quebrados estão no lugar e irão se reconstituir com o tempo”, conta a sobrinha do rapaz, Bárbara Jesus.

Por enquanto, o jovem segue internado. Antes do acidente, Bruno ajudava o pai no trabalho com jardinagem. A mãe tem câncer e só recebe a renda do auxílio-doença do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e, por isso, a família decidiu fazer a rifa.

As cirurgias foram feitas pelo SUS (Sistema Único de Saúde), mas a família pede ajuda para tratamento após a alta. “Essa rifa é para ajudá-lo após a saída da Santa Casa. Com prótese/implante dentário, sessões de fonoaudiologia, medicamentos e o que precisar”, relata Bárbara.

A rifa tem como prêmios cafeteiras, liquidificador e panela elétrica. Para adquirir um número, basta entrar em contato pelos telefones (67) 99177-1381 ou (67) 98111-8115.

Fala Povo – o WhatsApp do Jornal Midiamax

As informações foram enviadas ao Fala Povo, o WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax