Cotidiano

Enquanto jovens falecem por Covid-19, mortes de idosos caem 46% após vacinação em MS

Desde o início da pandemia, idosos com 80 anos ou mais são os que mais falecem por causa da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. No entanto, esta realidade começou a mudar com o início da vacinação. Prioritários na campanha, a imunização já faz efeito e os óbitos nesta faixa etária caíram 46% no Estado. […]

Dândara Genelhú Publicado em 22/03/2021, às 17h32 - Atualizado em 23/03/2021, às 09h13

Foto: Henrique Arakaki / Jornal Midiamax.
Foto: Henrique Arakaki / Jornal Midiamax. - Foto: Henrique Arakaki / Jornal Midiamax.

Desde o início da pandemia, idosos com 80 anos ou mais são os que mais falecem por causa da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. No entanto, esta realidade começou a mudar com o início da vacinação. Prioritários na campanha, a imunização já faz efeito e os óbitos nesta faixa etária caíram 46% no Estado.

Isto não significa que as mortes diminuíram em MS, pelo contrário, mostra que mais jovens estão morrendo por Covid-19. De acordo com levantamento realizado pelo Jornal Midiamax, um a cada quatro óbitos por coronavírus no Estado é de jovens, adultos ou crianças.

Assim, de dezembro de 2020 para março de 2021, foi notada a queda de 46% das mortes de idosos a partir de 80 anos. Eles foram os primeiros a receber a vacina contra o coronavírus no Estado, que agora já vacina até os 70 anos. Se em dezembro eram 118 óbitos de pessoas com mais de 80 anos, em março deste ano são 63.

Para realizar a reportagem, o Jornal Midiamax utilizou microdados da SES (Secretaria de Estado de Saúde). O recorte feito é de 1º a 22 de cada mês. Assim, com a diminuição de óbitos, também foi registrada menor letalidade.

Idosos nesta faixa etária possuem a letalidade mais alta no MS. No entanto, se analisada mensalmente, percebemos que a doença passou a ser 15% letal em pessoas com 80 anos ou mais neste mês.

Em dezembro de 2020, o Estado registrou 27% de letalidade para idosos a partir de 80 anos. Após a vacinação deste grupo, a doença se tornou 13% menos letal.

MS já vacinou 95.768 idosos a partir de 70 anos com a primeira dose. Assim, até esta segunda-feira (22), 27.090 idosos já estão completamente vacinados.

Jornal Midiamax