Cotidiano

Covid-19: Vacina itinerante estará em supermercado no São Conrado nesta sexta-feira

Atendimento acontece de 08h às 17h, sem intervalo

Fábio Oruê Publicado em 09/09/2021, às 16h46

Vacina itinerante percorre bairros de maior vulnerabilidade
Vacina itinerante percorre bairros de maior vulnerabilidade - Foto: Divulgação/ PMCG

A vacina itinerante, que leva imunização contra a covid-19 aos bairros de Campo Grande, estará em um supermercado no Jardim São Conrado nesta sexta-feira (10). 

As equipes da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) estarão no supermercado Mister Júnior, localizado na Avenida Gal Alberto Carlos M. Lima, 2669, Jardim São Conrado. O atendimento acontece de 08h às 17h, sem intervalo.

A vacinação itinerante teve início no mês passado e, até o momento, aproximadamente 3,5 mil pessoas já foram vacinadas em ações realizadas em instituições nos bairros Dom Antonio Barbosa e Santa Luzia, em supermercados nas Moreninhas, Santo Antônio, Noroeste e Paulo Coelho Machado e no terminal de transporte coletivo Bandeirantes.

O objetivo é levar a vacinação a bairros de maior vulnerabilidade e locais de grande circulação de pessoas, como os supermercados, shoppings e feiras, facilitando o acesso da população à vacina e, consequentemente, ampliar a cobertura vacinal do Município.

Imunização

Campo Grande atingiu nesta quinta-feira (9) a marca de 50% de toda a população imunizada com as duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19.

De acordo com dados parciais do vacinômentro da prefeitura, o número corresponde a aproximadamente 454 mil pessoas. A capital sul-mato-grossense lidera o ranking nacional de vacinação e se destaca na aplicação da primeira, segunda e terceira dose.

Desde o dia 19 de janeiro, 623.099 pessoas foram vacinadas com a primeira dose, o equivalente a 68.77% de toda a população campo-grandense. Destas, 454.070 receberam as duas doses ou a dose única e estão completamente imunizadas, o que representa uma cobertura vacinação de 50.11%. Até o momento, 1.084.712 doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas na Capital.

Jornal Midiamax