Cotidiano

Covid-19: Prefeito de Miranda tem piora e é transferido para Campo Grande

O prefeito de Miranda, Edson Moraes (PSDB), precisou ser transferido para Campo Grande, na última sexta-feira (19), por complicações respiratórias causadas pela Covid-19. Seu irmão, Walter Moraes, também foi encaminhado para Capital. De acordo com o último comunicado feito pela assessoria, na quinta-feira (18) ele sofreu uma crise respiratória e foi levado para o Hospital Munici...

Fábio Oruê Publicado em 21/03/2021, às 14h01 - Atualizado às 14h14

Edson Moraes, prefeito de Miranda pelo PSDB (Foto: Reprodução/Facebook)
Edson Moraes, prefeito de Miranda pelo PSDB (Foto: Reprodução/Facebook) - Edson Moraes, prefeito de Miranda pelo PSDB (Foto: Reprodução/Facebook)

O prefeito de Miranda, Edson Moraes (PSDB), precisou ser transferido para Campo Grande, na última sexta-feira (19), por complicações respiratórias causadas pela Covid-19. Seu irmão, Walter Moraes, também foi encaminhado para Capital.

De acordo com o último comunicado feito pela assessoria, na quinta-feira (18) ele sofreu uma crise respiratória e foi levado para o Hospital Municipal Albuquerque Filho, mas o quadro se complicou, sendo necessária a transferência.

“O quadro clínico no momento é estável, consciente, respira com auxílio de oxigênio e não houve e com a graça de Deus não haverá a necessidade de intubação”, dizia o comunicado.

No sábado (20), Taboco Moraes, filho de Edson, usou as redes sociais para pedir ajuda de todos por orações aos irmãos Moraes. Uma corrente de oração está sendo feita pela manhã.

“Estaremos todos de nossa família em uma rede oração fortíssima, peço a vocês que orem também, que hoje iniciem e amanhã continuem. Vamos juntos colocar o nome deles nas mãos de Deus, para que possam se erguer e voltar para nossa família e para nossa querida Miranda. Somente o nosso bom Deus neste momento para interceder”, escreveu.

Neste domingo (21), segundo a assessoria, o quadro clinico de Edson é estável e ele continua internado. Na parte da manhã teve uma leve melhora na parte respiratória e está diminuindo aos poucos a utilização do oxigênio.

Jornal Midiamax