Cotidiano

Com escalada de violência, Guarda Municipal vai reforçar rondas na região do Caiobá

Residencial Celina Jallad registrou dois assassinatos em menos de três dias

Mylena Rocha e Graziela Rezende Publicado em 06/12/2021, às 10h50

Em poucos dias, foram registrados dois assassinatos que assustaram os moradores do Residencial Celina Jallad.
Em poucos dias, foram registrados dois assassinatos que assustaram os moradores do Residencial Celina Jallad. - Marcos Ermínio/Arquivo Midiamax

Campo Grande tem registrado uma escalada de violência nas últimas semanas. Além do aumento de execuções em diferentes regiões da cidade, o bairro Caiobá registrou dois assassinatos em menos de três dias. Durante agenda, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) comentou que a GCM (Guarda Civil Metropolitana) deve reforçar as rondas. 

Marquinhos explica que mantém a responsabilidade com a segurança pública em Campo Grande. Ele afirma que a Guarda Municipal tem servidores capacitados e armados, que atuam para proteger os moradores da cidade. 

Segundo o prefeito, a ronda da Guarda Municipal será intensificada na região do Caiobá e em outros pontos da cidade. “Nos últimos tempos, Campo Grande cresceu muito, mas as viaturas [da GCM] estão à disposição e rodando mais pela cidade”, disse. 

Assassinatos assustam moradores

Em poucos dias, foram registrados dois assassinatos que assustaram os moradores do Residencial Celina Jallad, em Campo Grande. O residencial, localizado no bairro Caiobá, já era marcado pelo medo há tempos.

Foi identificado como Douglas Willian Santos de Almeida, de 24 anos, o homem assassinado na noite de domingo (5), na Rua Marilda Avelina Rezende Perez, no Celina Jallad, região do Caiobá. Além dele, uma jovem de 15 anos e outro homem, também de 24 anos, foram feridos com disparos de arma de fogo. Conforme as informações da polícia, um grupo de pessoas estava na calçada, na esquina, quando os suspeitos passaram em um Palio. Foram feitos vários disparos de arma de fogo que atingiram as três pessoas.

Kennedy Gabriel foi assassinado com três tiros na frente da namorada, na noite de quinta-feira (2), em Campo Grande, na região do Portal Caiobá. Ele ainda tentou correr para dentro da sua casa. O assassinato aconteceu por volta das 22h28, quando Kennedy estava sentado em frente a sua casa com a namorada no seu colo. 

Jornal Midiamax