Cotidiano

Cidade do MS sanciona lei que classifica salões de beleza e barbearias como serviço essencial

Diversas atividades econômicas foram acrescentadas na lista

Ranziel Oliveira Publicado em 25/06/2021, às 13h35

Sede da Prefeitura de Naviraí
Sede da Prefeitura de Naviraí - (Foto: Divulgação / Prefeitura de Naviraí)

A prefeitura de Naviraí acrescentou novos serviços e atividades essenciais aos já previstos na cidade. A lei municipal nº 2.344 foi sancionada nesta quinta-feira (24), acrescentando restaurantes, salões de beleza, barbearias e outros segmentos como essências. A lei foi amplamente debatida e analisada pelos vereadores e recebeu parecer favorável dos parlamentares.

 Ao assinar a nova lei, a prefeita Rhaiza Matos se mostrou sensível às reivindicações da classe empresarial que, bastante impactada economicamente pela pandemia, reivindicava a definição expressa dos serviços e atividades definidas como essenciais.

“Através desta Lei trazemos ao conhecimento de todos, regras claras sobre a questão dos serviços e atividades essenciais, garantindo o funcionamento e atendimento destes setores indispensáveis e inadiáveis às necessidades das pessoas. De uma maneira geral, além de garantir segurança jurídica estamos resguardando a sobrevivência, a saúde e a segurança da população”, pontua Rhaiza Matos.

De acordo com o Art. 2º da Lei nº 2.344/2021 ficam acrescidos os seguintes serviços e atividades essenciais: I – produção, transporte e distribuição de gás natural, e toda cadeia relacionada à esta atividade; II – indústrias químicas e petroquímicas de matérias-primas ou produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas, e toda cadeia relacionada à estas atividades; III – atividades de construção civil, e toda cadeia relacionada à esta atividade; IV – pet shops, agropecuárias, cerealistas, clínicas veterinárias e estética animal; V empresas de combate aos vetores e pragas sinantrópicas, dedetização de uma forma geral; VI – prática de exercícios físicos; VII restaurantes; e VII salões de beleza e barbearias.

Jornal Midiamax