Cotidiano

Após tempestade e nuvem de poeira, 100 postes de energia ainda precisam ser restaurados em MS

Região de Nova Andradina é a mais afetada

Renata Barros Publicado em 27/10/2021, às 11h52

Ventos fortes derrubaram centenas de postes no Estado
Ventos fortes derrubaram centenas de postes no Estado - Foto: Reprodução/Energisa

Quase duas semanas já se passaram desde a nuvem de poeira seguida de temporal, que atingiu Mato Grosso do Sul na sexta-feira (15). No entanto, algumas localidades do Estado ainda convivem com os prejuízos deixados pela tempestade. Segundo a concessionária de energia, 100 postes ainda aguardam para serem restaurados, principalmente na região Sul de MS.

Força dos ventos quebrou poste ao meio em zona rural do Estado. Foto: Reprodução/Energisa

A maioria dos postes que seguem danificados encontram-se em regiões rurais, próximas a Nova Andradina, cidade a 298 quilômetros de Campo Grande. “Maior parte no sul do estado, distribuídos pela região de Nova Andradina”, informa a Energisa ao Jornal Midiamax.

Campeã em reclamações dos consumidores em MS, Energisa já superou total de queixas de 2020

Desde a nuvem de poeira seguida de temporal, 721 postes caíram em todo o Mato Grosso do Sul, provocando estragos no cotidiano dos moradores.

Jornal Midiamax