Cotidiano

Após semana chuvosa, previsão é de tempo firme e altas temperaturas em MS no fim de semana

Mato Grosso do Sul registrou mais uma semana chuvosa com temporais rápidos acompanhados com rajada de vento. O fim de semana deve ser de tempo firme e sem expectativa de chuva em grande parte do Estado, conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima). No sábado (6), a previsão é de céu […]

Karina Campos Publicado em 05/02/2021, às 17h08 - Atualizado às 17h09

(Foto: Renata Fontoura/Jornal Midiamax)
(Foto: Renata Fontoura/Jornal Midiamax) - (Foto: Renata Fontoura/Jornal Midiamax)

Mato Grosso do Sul registrou mais uma semana chuvosa com temporais rápidos acompanhados com rajada de vento. O fim de semana deve ser de tempo firme e sem expectativa de chuva em grande parte do Estado, conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima).

No sábado (6), a previsão é de céu parcialmente nublado a claro em todas as áreas. A expectativa de pancadas de chuva nas regiões de Cassilândia à Paranaíba. A umidade do ar terá variação de 35% a 90%, acompanhada de ventos fracos a moderado ao longo do dia.

A temperatura no Estado varia entre mínima de 13°C a 34°C, as temperaturas mais quentes se concentram na região norte e região sul-fronteira a mais fria do dia. Em Campo Grande a variação está estimada em 18 °C a 29 °C.

No domingo (7), o tempo segue firme com céu parcialmente nublado a claro em todas as áreas e não há expectativa de chuva. Não há mudança na umidade do ar, que fica entre 35% a 90%.

As temperaturas poderão variar entre de 11°C a 34 °C, com as regiões do pantaneira e norte podendo ser as mais quentes do dia e região sul a mais fria. Na Capital a variação está estimada em 18 °C a 29 °C.

Até o dia 13 deste mês, o monitoramento aponta diminuição do período de chuvas, onde é esperado mais dias de sol entre nuvens e pancadas de chuvas isoladas à tarde. Os modelos mostram um acumulado de chuva significativamente mais alto entre os dias 12 e 13 no setor norte do estado onde são esperados entre 70 a 100 milímetros. Nas demais áreas, o acumulado esperado é de até 20 milímetros no período.

Jornal Midiamax