Cotidiano

Apenas três cidades de MS aplicaram todas as doses recebidas da vacina contra a Covid-19

Após um mês de vacinação contra a Covid-19, apenas três municípios de Mato Grosso do Sul aplicaram todas as doses que receberam.

Dândara Genelhú Publicado em 21/02/2021, às 10h40 - Atualizado em 22/02/2021, às 08h21

Dois dos três municípios aplicaram mais doses do que receberam. (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)
Dois dos três municípios aplicaram mais doses do que receberam. (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax) - Dois dos três municípios aplicaram mais doses do que receberam. (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

Após um mês de vacinação contra a Covid-19, apenas três municípios de Mato Grosso do Sul aplicaram todas as doses que receberam. Assim, Paranaíba, Selvíria e Caracol atingiram 100% ou mais no índice de aplicação dos imunizantes até a última sexta-feira (19).

As vacinas foram distribuídas aos municípios pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), após recebimento dos lotes enviados pelo Ministério da Saúde. Em MS são utilizadas as vacinas: Astrazeneca, produzida pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) em parceria com a Universidade de Oxford; e a Coronavac, confeccionada pelo Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac.

Então, com maior índice de aplicação do Estado, Paranaíba possui 118,49% de aplicabilidade da vacina. Ou seja, das 2.142 doses enviadas para o município, 2.538 já foram utilizadas. Na cidade, 2.312 pessoas foram imunizadas contra a Covid-19, isto corresponde ao número de primeiras doses aplicadas.

Assim, 226 dessas pessoas receberam a segunda dose da vacina. Selvíria é a segunda cidade que aplicou mais doses do que recebeu. No município, 107,32% das vacinas foram aplicadas. Isto porque foram utilizadas 469 doses de imunizantes, das 437 unidades recebidas.

Por fim, Caracol utilizou 100,82% das vacinas recebidas. Na cidade, 295 doses foram aplicadas, das 244 recebidas. Além destes, o município mais próximo de entrar para o grupo dos que aplicaram todas as unidades de imunizantes recebidos é Chapadão do Sul. Até o meio da tarde desta sexta-feira (19), a cidade havia utilizado 99,75% das doses de vacinas recebidas.

Os dados utilizados estão disponíveis no Vacinômetro. Mas como é possível aplicar mais doses do que a quantidade recebida? Ao Jornal Midiamax, a SES informou que “o sistema é alimentado pelos municípios e pode haver duplicidade de informações”. Assim, este pode ser um motivo para alguns municípios registrarem mais unidades aplicadas do que as recebidas.

Jornal Midiamax