Cotidiano

Alerta vermelho: Mato Grosso do Sul tem 63 cidades em perigo e ventos acima de 100 km/h

Há perigo de alagamentos, danos em casas, quedas de árvores e falta de energia

Mylena Rocha Publicado em 23/10/2021, às 11h43

Há grande risco de quedas de árvores e danos em residências.
Há grande risco de quedas de árvores e danos em residências. - Marcos Ermínio/Midiamax

Mato Grosso do Sul tem 63 cidades em alerta para grande perigo de tempestades neste fim de semana. O aviso de alerta vermelho foi feito pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), começa a valer no fim da tarde deste sábado (23) e segue até a madrugada de domingo (24). A tempestade pode causar estragos, já que há possibilidade de ventos acima de 100 km por hora.

[Colocar ALT]
Fonte: Inmet

Conforme o aviso, a chuva pode superar acumulados de 60 mm por hora ou 100 mm por dia. Os ventos poderão ser superiores da 100 km por hora e há possibilidade de queda de granizo. Há um grande risco de danos em residências, cortes de energia elétrica, estragos em plantações, quedas de árvores, alagamentos e transtornos no transporte rodoviário.

O Inmet dá algumas recomendações aos moradores. “Desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Em caso de enxurrada, ou similar, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos. Em caso de situação de grande perigo confirmada: Procure abrigo, evite permanecer ao ar livre”, informou.

Os moradores ainda podem acionar a Defesa Civil (telefone 199) ou Corpo de Bombeiros (telefone 193). Confira mais orientações sobre como se prevenir da tempestade aqui.

Força-tarefa se prepara para temporal

Depois dos estragos causados pela última tempestade, Campo Grande já se prepara para a chuva deste fim de semana. A Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) já foi intimada a realizar reparos preventivos na Capital, para evitar pontos de alagamentos. 

O meteorologista Natálio Abrahão, da Estação Meteorológica Uniderp, explicou que a chuva chegará a Campo Grande já na noite de sábado (23) e se estenderá até a madrugada de domingo.

Confira cidades em risco

  • Água Clara
  • Amambai
  • Anastácio
  • Anaurilândia
  • Angélica
  • Antônio João
  • Aquidauana
  • Aral Moreira
  • Bandeirantes
  • Bataguassu
  • Batayporã
  • Bela Vista
  • Bodoquena
  • Bonito
  • Brasilândia
  • Caarapó
  • Campo Grande
  • Caracol
  • Corguinho
  • Coronel Sapucaia
  • Corumbá
  • Deodápolis
  • Dois Irmãos do Buriti
  • Douradina
  • Dourados
  • Eldorado
  • Fátima do Sul
  • Glória de Dourados
  • Guia Lopes da Laguna
  • Iguatemi
  • Itaporã
  • Itaquiraí
  • Ivinhema
  • Japorã
  • Jaraguari
  • Jardim 
  • Jateí
  • Juti
  • Ladário
  • Laguna Carapã
  • Maracaju
  • Miranda
  • Mundo Novo
  • Naviraí
  • Nioaque
  • Nova Alvorada do Sul
  • Nova Andradina
  • Novo Horizonte do Sul
  • Paranhos
  • Ponta Porã
  • Porto Murtinho              
  • Ribas do Rio Pardo
  • Rio Brilhante
  • Rio Negro
  • Rochedo
  • Santa Rita do Pardo
  • Sete Quedas
  • Sidrolândia
  • Tacuru
  • Taquarussu
  • Terenos
  • Três Lagoas
  • Vicentina
Jornal Midiamax