Cotidiano

VÍDEO: chuva volta a alagar barracos na ‘Aguadinha’ e moradores pedem ajuda

Moradores da comunidade Aguadinha voltam a sofrer com a chuva em Campo Grande. A chuva de quinta-feira (15) foi ainda mais intensa que no dia anterior e causou prejuízos na região do Bairro Noroeste. Nessa quinta-feira (15), O Jornal Midiamax mostrou a situação que a chuva do dia anterior havia deixado na comunidade. Então, alguns […]

Gabriel Maymone Publicado em 16/10/2020, às 08h56 - Atualizado às 15h49

Moradores da Aguadinha registraram prejuízos com alagamentos. (Imagem: Fala Povo, Midiamax)
Moradores da Aguadinha registraram prejuízos com alagamentos. (Imagem: Fala Povo, Midiamax) - Moradores da Aguadinha registraram prejuízos com alagamentos. (Imagem: Fala Povo, Midiamax)

Moradores da comunidade Aguadinha voltam a sofrer com a chuva em Campo Grande. A chuva de quinta-feira (15) foi ainda mais intensa que no dia anterior e causou prejuízos na região do Bairro Noroeste.

Nessa quinta-feira (15), O Jornal Midiamax mostrou a situação que a chuva do dia anterior havia deixado na comunidade. Então, alguns moradores perderam tudo: colchões, roupas, móveis e eletrodomésticos.

Vídeos enviados pelos moradores mostram que na tarde de ontem deixou mais estragos à comunidade. Pelas imagens é possível perceber que vários barracos ficaram alagados, os corredores entre os barracos se transformaram em rios com a forte enxurrada. Uma delas se desespera: “Gente, isso aqui não é vida, não. Pelo amor de Deus, ajude-nos”.

“Olha, tá tudo alagado”, mostra a moradora enquanto vai percorrendo os cômodos da casa. Para salvar alguns objetos, eles tiram móveis e erguem os colchões. No local também há muitas crianças.

Conforme dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), no intervalo de três horas caiu 45,6mm de chuva. A previsão para esta sexta-feira (16) preocupa a comunidade: pancadas de chuva intensa.

Interessados em ajudar pode entrar em contato com o número 67 992451925.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax