Cotidiano

Vestibular da UFMS: alunos terão acesso a notas de cada área da prova

Na tentativa de tranquilizar os pré-vestibulandos, professores de cursinhos de Campo Grande se reuniram com a reitoria da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para descobrir detalhes sobre a prova do vestibular. A partir deste ano, a prova elaborada pela universidade será a única forma de ingresso na instituição, que abriu mão do […]

Carolina Rocha Publicado em 09/11/2020, às 15h00 - Atualizado em 10/11/2020, às 08h44

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Na tentativa de tranquilizar os pré-vestibulandos, professores de cursinhos de Campo Grande se reuniram com a reitoria da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para descobrir detalhes sobre a prova do vestibular. A partir deste ano, a prova elaborada pela universidade será a única forma de ingresso na instituição, que abriu mão do processo seletivo do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Os vestibulandos foram pegos de surpresa quando souberam da mudança na forma de ingresso na federal. Para tranquilizar os alunos, os professores Guilherme Vargas e Alexandre Goicocheia visitaram o reitor da UFMS, Marcelo Turine. O objetivo do encontro foi abordar o assunto e tirar dúvidas que os próprios alunos tinham sobre o novo processo seletivo.

O reitor explicou que a mudança aconteceu por conta da pandemia, pois a UFMS é uma das únicas federais que conseguiram manter o calendário e também deixou claro que só vai adiar o vestibular se for por uma questão sanitária.

Muitos vestibulandos reclamaram da forma que a redação foi corrigida no vestibular passado. Turine afirmou que em 2021 os alunos terão acesso em sua página de participante a suas notas atribuídas em cada uma das cinco competências exigidas.

Uma outra preocupação dos estudantes, é com a dificuldade da prova, a instituição garante que o processo seletivo cobrará os assuntos que estão dentro do seu programa.

Não será simples

Com a resposta do reitor sobre o grau de dificuldade da prova, o professor Guilherme alerta os alunos para não esperarem por uma prova mais simples que a anterior. Por conta disso, deixou algumas dicas para quem pretende prestar o vestibular.

A principal é para que os alunos não deixem de ler atentamente ao edital, pois serve como guia do que pode ou não ser feito na prova.

Também fala da importância de estar a par de informações como o tempo de duração de cada prova, para que os vestibulandos possam estudar e pensar em estratégias de como realiza-las da melhor maneira possível.

“Mais do que dominar o conteúdo, é fundamental que o aluno saiba como organizar seu tempo na hora de fazer o vestibular. Como essa é uma situação nova, a atenção nisso deve ser redobrada. Uma boa dica é estudar refazendo provas de outros vestibulares de universidades que tenham o mesmo tempo de prova que o da UFMS. Isso ajuda a aprender a manejar o tempo e também deixa o aluno mais seguro quando sua hora chegar”, completa.

Jornal Midiamax