Os passageiros da Uber receberam uma notificação sobre um novo procedimento de segurança nos carros contra a Covid-19, o novo coronavírus, na tarde desta terça-feira (21) em Campo Grande. No entanto, a empresa esclareceu que a mensagem teria sido enviada para todos os usuários do país, mas ainda não será uma novidade para MS.

A mensagem dizia que a empresa está instalando divisórias de proteção e higienizando os carros dos motoristas, mas conforme a assessoria de imprensa, Campo Grande ainda não faz parte do Centro de Higienização da empresa e mensagem foi enviada a nível nacional.

Por meio de assessoria de imprensa, a Uber explicou que os Centros de Higienização, já instalados em São Paulo e no Rio de Janeiro, estão sendo expandidos, mas ainda não será disponibilizado em Campo Grande. Confira a nota:

“Os Centros de Higienização da Uber voltados a motoristas e entregadores parceiros continuam  sendo expandidos pelas capitais brasileiras. O modelo é o mesmo adotado no piloto dos Centros de Higienização instalado em São Paulo no início de junho e, em breve, novas unidades devem iniciar a operação em outras cidades do País”, disse a empresa.

Proteção contra o coronavírus

Enquanto a padronização de segurança com as divisórias não são adotadas em Campo Grande, os motoristas na Capital Morena estão ‘mexendo o doce’ e instalando os acessórios de segurança por conta própria. Algumas divisórias de plástico já são vendidas na internet com valores a partir de R$ 70.

Outra alternativa encontrada pelos condutores de aplicativo na cidade, é fazer a divisória com plástico filme para garantir a segurança dele próprio e do passageiro. Vale lembrar que todos os aplicativos de mobilidade já exigem álcool em gel dentro dos veículos e que todos, tanto o motorista quanto o passageiro, usem máscara durante as viagens.