Cotidiano

Servidor público pode ser a 20ª vítima fatal de dengue em MS

Morreu nesta quinta-feira (26) o servidor público Benedito Maciel, 59 anos, com suspeita de dengue hemorrágica. Morador de Itaquiraí, distante 402 quilômetros de Campo Grande, ele foi transferido para a Santa Casa de Naviraí e logo em seguida levado de vaga zero para Dourados. De acordo com o site Tá Na Mídia Naviraí, Benedito trabalhava […]

Ana Paula Chuva Publicado em 27/03/2020, às 08h01 - Atualizado às 12h07

Imagem ilustrativa. (Foto: Divulgação/SES)
Imagem ilustrativa. (Foto: Divulgação/SES) - Imagem ilustrativa. (Foto: Divulgação/SES)

Morreu nesta quinta-feira (26) o servidor público Benedito Maciel, 59 anos, com suspeita de dengue hemorrágica. Morador de Itaquiraí, distante 402 quilômetros de Campo Grande, ele foi transferido para a Santa Casa de Naviraí e logo em seguida levado de vaga zero para Dourados.

De acordo com o site Tá Na Mídia Naviraí, Benedito trabalhava como servidor público há 30 anos no município e atualmente atuava como motorista de caminhão de caçamba. Ele seria a primeira vítima fatal da doença em Itaquiraí e a 20ª do Estado.

Conforme o último boletim epidemiológico da SES-MS (Secretaria de Estado de Mato Grosso do Sul) divulgado na quarta-feira (25), Mato Grosso do Sul recebeu 36.655 notificações da doença. Uma média de 431 casos por dia.

Itaquiraí tem 53 casos confirmados da doença. Campo Grande são 5.163 casos com quatro mortes.  No Estado são 13.621 confirmações e as outras vítimas fatais foram registradas também em Corumbá (3), Cassilândia (1), Pedro Gomes (1), Nova Andradina (1), Caarapó (1), São Gabriel do Oeste (1), Bodoquena (1), Chapadão do Sul (2), Mundo Novo (1), Dourados (1) e Aquidauana (1).

O óbito ainda não foi confirmado pela SES-MS, que informou que as informações sobre as vítimas fatais são passadas somente via boletim epidemiológico da pasta.

* Matéria atualizada às 8h55 para acréscimo de respostada SES-MS.

Jornal Midiamax