Cotidiano

Semana começa e adesão ao isolamento social contra o coronavírus cai em MS

Depois de registrar no domingo (24) adesão de metade de sua população ao isolamento social, como forma de frear o avanço do novo coronavírus (Covid-19), Mato Grosso do Sul voltou a figurar entre os três Estados brasileiros com o menor número de pessoas em casa na segunda-feira (25). O início da semana de trabalho fez […]

Humberto Marques Publicado em 26/05/2020, às 14h33

Taxa de isolamento social em MS foi a terceira pior do país na segunda-feira. (Foto: Reprodução)
Taxa de isolamento social em MS foi a terceira pior do país na segunda-feira. (Foto: Reprodução) - Taxa de isolamento social em MS foi a terceira pior do país na segunda-feira. (Foto: Reprodução)

Depois de registrar no domingo (24) adesão de metade de sua população ao isolamento social, como forma de frear o avanço do novo coronavírus (Covid-19), Mato Grosso do Sul voltou a figurar entre os três Estados brasileiros com o menor número de pessoas em casa na segunda-feira (25). O início da semana de trabalho fez com que o percentual de distanciamento chegasse a 38,26%.

Pelo Estado, porém, apenas um município ficou abaixo de 30% de isolamento, conforme dados medidos pela consultoria In Loco –a partir da movimentação de telefones celulares em todo o país. Em Alcinópolis, 26,8% da população optou por ficar em casa.

Nacionalmente, Mato Grosso do Sul ficou atrás apenas de Goiás, com taxa de isolamento de 37,18%, e de Tocantins, com 37,37%. O Amapá, com 52,57%, onde a Covid-19 já pressiona a Saúde Pública, foi o Estado com menos pessoas nas ruas na segunda-feira; seguido do Acre (48,57%) e de São Paulo (48,38%, onde a capital iniciou um feriadão a fim de evitar a circulação nas ruas). A média nacional foi de 43,9%.

Autoridades de Saúde indicam que a participação no isolamento social, como forma de conter a circulação do coronavírus, deve ser superior a 60% para ter efetividade. Contudo, no Brasil, nenhum Estado tem conseguido atingir esse percentual.

Municípios

Em Mato Grosso do Sul, Taquarussu –que teve seu primeiro caso registrado recentemente– viu 60% de sua população participar do isolamento. Laguna Carapã foi a segunda cidade em adesão, com 54,5%, à frente de Vicentina que, com 54,2% de distanciamento social, também é a terceira do Estado em incidência da Covid-19 (são 229,4 casos a cada 100 mil pessoas).

Líder em incidência, com 2.011,1 casos por 100 mil moradores, Guia Lopes da Laguna segue em 8º no distanciamento social (45,8%), um pouco à frente com Douradina (45,7%), segunda em incidência (388,3 por 100 mil).

Em Campo Grande, a adesão ao isolamento social na segunda-feira foi de 37,7% –a cidade é aquela com maior número de casos do Estado (249). Dourados, que chegou a terceiro no total de infectados com a Covid-19 (180), teve taxa de isolamento de 40,8%. Três Lagoas, com 126 casos, viu 43,1% da população se recolher aos domicílios.

Jornal Midiamax