Cotidiano

TJMS inaugura na sexta 11° escola reformada com salário e mão de obra de detentos

Na próxima sexta-feira (14), o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) estará fazendo a inauguração da Escola Estadual Lino Villachá, no bairro Nova Lima, onde a unidade foi reformada com dinheiro vindo do salário dos presos e contou com a mão de obra dos detentos através do projeto “Pintando e Revitalizando a […]

Vinícius Costa Publicado em 11/02/2020, às 14h43 - Atualizado às 15h37

(Foto: Divulgação, TJMS)
(Foto: Divulgação, TJMS) - (Foto: Divulgação, TJMS)

Na próxima sexta-feira (14), o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) estará fazendo a inauguração da Escola Estadual Lino Villachá, no bairro Nova Lima, onde a unidade foi reformada com dinheiro vindo do salário dos presos e contou com a mão de obra dos detentos através do projeto “Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade”.

A entrega vai ser realizada antes do previsto. Segundo o cronograma do poder judiciário, a reforma começou no dia 4 de novembro do ano passado e a inauguração estava prevista para o mês de março, mas como as obras avançaram, o tempo foi reduzido para fevereiro.

O custo total da reforma foi avaliado em R$ 398.500,00, que foi pago com o dinheiro dos detentos, arrecadado com o desconto de 10% dos salários dos presos que trabalham via convênio em Campo Grande. O único gasto público foi o pagamento de um salário-mínimo por mês para cada preso, sob responsabilidade da Secretaria de Educação, que também disponibiliza o transporte deles.

A obra abrange os 2.455 m² construídos, além dos 7.266 m² de muro, com área total de 9.721,29m². Para a execução dos trabalhos, foi designada uma equipe de 25 internos que cumpriram jornada de 44 horas semanais.

A exemplo das demais reformas, a obra contemplou a reestruturação completa da instituição, desde a parte hidráulica, elétrica, calçamento, revestimento, colocação de pias, forro de PVC, serviços de serralheria, pintura e paisagismo. A solenidade de entrega da reforma está marcada para as 11 horas do dia 14 de fevereiro, na Rua Haroldo Pereira, 887, Nova Lima.

Jornal Midiamax