Cotidiano

Funcionária de callcenter com suspeita de coronavírus teve contato com 20 na Capital

Com positivo para coronavírus (Covid-19) divulgado nos grupos de whatsapp, a confirmação dos rumores apavorou ainda mais os funcionários do callcenter da BTCC Conexão Cliente, em Campo Grande. A colega que estaria com a doença, além de passar por vários setores da empresa, manteve contato direto com pelo menos 20 pessoas. Durante a manhã desta […]

Ana Paula Chuva Publicado em 19/03/2020, às 12h48 - Atualizado em 20/03/2020, às 08h38

(Fala Povo | Jornal Midiamax)
(Fala Povo | Jornal Midiamax) - (Fala Povo | Jornal Midiamax)

Com positivo para coronavírus (Covid-19) divulgado nos grupos de whatsapp, a confirmação dos rumores apavorou ainda mais os funcionários do callcenter da BTCC Conexão Cliente, em Campo Grande. A colega que estaria com a doença, além de passar por vários setores da empresa, manteve contato direto com pelo menos 20 pessoas.

Durante a manhã desta quinta-feira (19) vários funcionários da empresa procuraram o Jornal Midiamaxrelatando a falta de proteção contra a disseminação do vírus, que já era suspeita nas conversas de corredor.

“Não tem ventilação, não tem álcool em gel, somos mais de 200 pessoas dividindo espaços de convivência. As conversas são de que dois funcionários estão afastados com suspeita do coronavírus, estamos preocupados”, disseram.

A foto de um atestado e boatos de que dois colegas estariam afastados por suspeita de coronavírus, já estava circulando pelos corredores e grupos no aplicativo de conversa, mas a pouco a colega confirmou o resultado positivo, aumentando o pânico entre os funcionários.

“Estamos apavorados. Só de entrar na empresa ela pode ter transmitido para muita gente por conta do contato com as catracas. No corredor que ela trabalha são 20 pessoas, fora o contato com outras. Estamos muito preocupados”, disseram.

Vale lembrar que os trabalhadores planejam uma manifestação em frente ao prédio da empresa na tarde desta quinta-feira, exigindo providências.

À reportagem, a assessoria de imprensa da SES (Secretaria de Estado de Saúde) informou que casos de funcionários da empresa que apresentaram atestado recentemente não estão entre os casos suspeitos monitorados pelo Estado até o momento.

Ao Jornal Midiamax, a empresa negou casos confirmados de coronavírus e diz que adotou medidas. Confira a nota na íntegra:

A BTCC Conexão Cliente esclarece que não existe nenhum colaborador da empresa contaminado pelo coronavirus. É objetivo principal da BTCC proteger a saúde de seus colaboradores e assegurar a continuidade dos serviços prestados que são essenciais a população como atendimentos em áreas da Saúde, Segurança, Telecomunicações, Energia e demais órgãos como Governo e instituições públicas.

Para garantir que esses serviços essenciais continuem sendo prestados à população nesse momento de avanço do Covid-19, a BTCC adotou as seguintes medidas: intensificação da higienização dos ambientes comuns e postos de trabalho individuais; uso do home office nas atividades em que é possível do ponto de vista técnico e realização de trabalho remoto ou férias pelos trabalhadores com sessenta anos ou mais, com doenças cardíacas, diabete ou outras doenças graves e gestantes. A empresa esclarece que está atenta e cumprindo todas as recomendações orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e das autoridades de saúde brasileiras.

Prevenção

A situação reforça a importância das empresas que ainda mantém regime de trabalho local tomarem as precauções para evitar a disseminação do vírus, mesmo sem casos confirmados. Abrir as janelas, manter os ambientes limpos, evitar a concentração de muitas pessoas no mesmo espaço, disponibilizar medidas de higienização da mãos e equipamentos, estão entre as medidas. (Matéria atualizada às 18h18 para acréscimo de informação)

Jornal Midiamax