Cotidiano

Polícia Civil dá 30 dias para donos de veículos apreendidos evitarem leilão

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul notificou donos de sucatas e de veículos apreendidos pela Defurv (Delegacia Especializada em Repressão de Roubos e Furtos de Veículos) para regularizem a documentação em um prazo de dez dias a fim de evitar o leilão dos bens.  O edital foi publicado em suplemento do DOE (Diário […]

Adriel Mattos Publicado em 08/12/2020, às 13h01 - Atualizado às 13h03

Sede da Defurv, em Campo Grande. (Foto: Arquivo)
Sede da Defurv, em Campo Grande. (Foto: Arquivo) - Sede da Defurv, em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul notificou donos de sucatas e de veículos apreendidos pela Defurv (Delegacia Especializada em Repressão de Roubos e Furtos de Veículos) para regularizem a documentação em um prazo de dez dias a fim de evitar o leilão dos bens. 

O edital foi publicado em suplemento do DOE (Diário Oficial Eletrônico) nesta terça-feira (8). Na publicação, a titular da Defurv, delegada Aline Sinott, observa que os veículos oferecem risco à saúde pública.

São 312 sucatas ou veículos com situações de conservação que variam entre regular e ruim. Para retirar, o dono deve apresentar documento que comprove a propriedade e quitar eventuais débitos.

A lista de todos os veículos está disponível no DOE (clique aqui para conferir).

Jornal Midiamax