Cotidiano

PMA fecha duas carvoarias ilegais e donos são multados em R$ 23 mil

Duas carvoarias ilegais foram fechadas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta segunda-feira (6). As unidades funcionavam em propriedades rurais na cidade de Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande. Os policiais militares realizaram fiscalizações na região e as carvoarias estavam em funcionamento em uma fazenda localizada a 50 quilômetros do perímetro urbano […]

Ana Paula Chuva Publicado em 06/01/2020, às 18h27

(Divulgação | PMA)
(Divulgação | PMA) - (Divulgação | PMA)

Duas carvoarias ilegais foram fechadas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta segunda-feira (6). As unidades funcionavam em propriedades rurais na cidade de Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande.

Os policiais militares realizaram fiscalizações na região e as carvoarias estavam em funcionamento em uma fazenda localizada a 50 quilômetros do perímetro urbano do município.

De acordo com a PMA, apesar de o carvão ser fabricado com aproveitamento de produto vegetal proveniente de madeira exótica de eucalipto, para a qual não há necessidade de autorização ambiental, os proprietários não possuíam licenças ambientais para o funcionamento das carvoarias.

Na primeira unidade foram encontrados 30 fornos e a multa aplicada foi de R$ 13 mil ao dono de 44 anos. Já na segunda foram encontrados 20 fornos e o proprietário de 45 anos foi multado em R$ 10 mil. Ambas são moradores de Ribas do Rio Pardo.

Ambas os carvoeiros foram autuados administrativamente e responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental, podendo pegar de três a seis meses de prisão. Além disso, todas as atividades foram paralisadas.

Jornal Midiamax