Cotidiano

Paciente que teve coronavírus comemora alta de hospital e ‘poder respirar ar puro’

Aparecido José Brandão, de 48 anos, primeiro paciente a contrair o novo coronavírus em Corumbá, recebeu alta da Santa Casa, na manhã deste sábado (11). Aparecido disse que a sensação de poder voltar para casa é como se “voasse que nem um passarinho” e “respirando outra vez o ar puro”. Na saída do hospital, ele […]

Renata Portela Publicado em 11/04/2020, às 12h42 - Atualizado às 12h47

None

Aparecido José Brandão, de 48 anos, primeiro paciente a contrair o novo coronavírus em Corumbá, recebeu alta da Santa Casa, na manhã deste sábado (11). Aparecido disse que a sensação de poder voltar para casa é como se “voasse que nem um passarinho” e “respirando outra vez o ar puro”.

Na saída do hospital, ele foi aplaudido por médicos e enfermeiros quando passou pela recepção, de cadeiras de rodas, empurrado pelo médico e diretor técnico da Santa Casa, Manoel João de Oliveira, até chegar ao carro, que estava à sua espera. Já em casa, Aparecido Brandão, não conteve a emoção mais uma vez e falou ao site local Diário Corumbaense, que não sabia mensurar a felicidade de poder estar de volta à sua residência.

“Me sinto feliz. Como é bom saber que você é querido e ainda mais que tem pessoas que torcem por você, no meu caso, pela minha recuperação. Sou muito grato às orações e energias positivas. Essa autoestima que estou recebendo é fundamental”, declarou. Ele ainda fez questão, mais uma vez, de agradecer a equipe médica e contou que, mesmo já de alta, vai permanecer em isolamento por mais alguns dias.

“A melhor notícia dada foi que estou imune à doença e que não sou mais transmissor. Porém, devo ficar em isolamento por mais alguns dias, seguindo recomendação médica, até mesmo para fortalecer a recuperação. É necessário pela minha saúde”, mencionou.

“Assim, que retomar as minhas atividades de trabalho, vou voltar à Santa Casa, para ajudar a consertar algumas coisas, entre elas cadeiras e mesas. Nosso hospital precisa dessas ações”, prometeu Brandão, incentivando as pessoas a ajudar na manutenção do único hospital público da região.

Paciente que teve coronavírus comemora alta de hospital e ‘poder respirar ar puro’
(Foto: Diário Corumbaense)

O caso

Aparecido apresentou os primeiros sintomas no dia 28 de março, procurou o Pronto-Socorro no dia 3 de abril, onde foi feito o diagnóstico inicial e já foi internado no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que possivelmente foi contaminado após contato com viajante de Fortaleza, versão confirmada por Aparecido, que revelou, durante internação, que teve contato com duas pessoas, que passaram alguns dias no local de trabalho dele, numa serralheria.

O médico e diretor técnico da Santa Casa, Manoel João de Oliveira, informou que o paciente reagiu muito bem ao tratamento, e que a resposta positiva se deve ao uso do coquetel com os medicamentos cloroquina e azitromicina. Os medicamentos ainda estão em fase de testes no país para tratamento da doença, mas podem ser usados em casos que o médico achar necessário e com autorização do paciente. Aparecido Brandão não precisou ser intubado, devido ao quadro de melhora nas primeiras horas de internação.

O caso do serralheiro continua sendo o único confirmado de coronavírus em Corumbá, até este sábado (11). Duas notificações suspeitas aguardam resultado de exame laboratorial.

Jornal Midiamax