Cotidiano

Número de pessoas abordadas em barreiras sanitárias de MS chega a 70 mil

O feriado prolongado da Páscoa elevou o número de pessoas nas estradas de Mato Grosso do Sul. Balanço divulgado nesta sexta-feira (10) pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) mostra que o total de pessoas abordadas nos 17 pontos de fiscalização nas divisas com outros Estados, na fronteira com a Bolívia e, […]

Humberto Marques Publicado em 10/04/2020, às 12h44 - Atualizado às 12h45

Barreira sanitária no Aeroporto Internacional de Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Barreira sanitária no Aeroporto Internacional de Campo Grande. (Foto: Divulgação) - Barreira sanitária no Aeroporto Internacional de Campo Grande. (Foto: Divulgação)

O feriado prolongado da Páscoa elevou o número de pessoas nas estradas de Mato Grosso do Sul. Balanço divulgado nesta sexta-feira (10) pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) mostra que o total de pessoas abordadas nos 17 pontos de fiscalização nas divisas com outros Estados, na fronteira com a Bolívia e, ainda, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, superou os 70 mil, um aumento de 20% em um intervalo de 24 horas.

coronavírus, novo coronavírus, pandemia de covid-19, Mato Grosso do Sul, barreiras sanitárias, aumento da circulação de pessoas, balanço
Gráfico mostra abordagens nas barreiras sanitárias até esta sexta-feira. (Imagem: Reprodução)

O volume de pessoas reforça a tendência de as pessoas ignorarem recomendações para ficarem em casa, a fim de evitar o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19). Entre quarta (8) e quinta-feira (9), também com base em informações da pasta, o Jornal Midiamax apontou que aumentou em 30% a circulação de pessoas e veículos –13,4 mil pessoas entraram no Estado vindas de outras regiões do país na véspera da Sexta-Feira Santa. Durante a semana, a média foi de 7 mil.

Até então, o número de pessoas fiscalizadas nas barreiras chegara a 58 mil. Contudo, nesta sexta-feira, o número chegou a 70 mil pessoas em 33,3 mil meios de transportes.

O maior número de abordagens ocorreu em Bataguassu (15.475), seguida de Três Lagoas (11.259). Entre as 70.075 pessoas abordadas desde o início da semana, quando as barreiras foram instaladas, 42 apresentaram sintomas suspeitos de Covid-19 (17 delas em Corumbá e 8 em Chapadão do Sul, que lideram a estatística), sendo orientadas a procurarem uma unidade de saúde ou permanecerem em isolamento social.

Jornal Midiamax