Cotidiano

Mesmo com campanha, Hemosul registra estoque crítico de sangue tipo A+, O- e O+,

O Hemosul registra mais uma vez situação crítica nos estoques de sangue dos tipos A+, O- e O+, mesmo com uma campanha de doação ativa em Mato Grosso do sul. O hemocentro pede doação com urgência dos moradores. Segundo o monitoramento, o estoque de O- está em apenas 1%, O+ em 14% e A+ em […]

Karina Campos Publicado em 17/09/2020, às 14h31 - Atualizado às 14h40

Doação de Sangue (Foto: Divulgação / Governo do Estado)
Doação de Sangue (Foto: Divulgação / Governo do Estado) - Doação de Sangue (Foto: Divulgação / Governo do Estado)

O Hemosul registra mais uma vez situação crítica nos estoques de sangue dos tipos A+, O- e O+, mesmo com uma campanha de doação ativa em Mato Grosso do sul. O hemocentro pede doação com urgência dos moradores.

Segundo o monitoramento, o estoque de O- está em apenas 1%, O+ em 14% e A+ em apenas 8% nas bolsas de sangue. Por conta da pandemia, a doação precisa ser agendada nas unidades de atendimento, para evitar aglomeração. As doações sem programação podem ser encaixadas conforme a demanda.

Em Campo Grande, o Hemosul na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304. O atendimento de segunda à sexta-feira é das 7h às 17h, e aos sábados de 7h às 12h. A cada 1° sábado do mês o atendimento é das 7h às 17h. Também é possível doar nas unidades do Hemosul de Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã, Paranaíba e Coxim.

Campanha

A campanha “Do Mesmo Sangue”, está na arrecadação das últimas mil doações de bolsas de sangue, para que a arara vermelha, da Praça das Araras, seja pintada totalmente e complete a meta de 5 mil doações.

Jornal Midiamax