Cotidiano

Laguna Carapã nega caso positivo de coronavírus e contesta ‘estreia’ em boletim

A Secretaria Municipal de Saúde de Laguna Carapã –a 239 km de Campo Grande– contestou nesta quarta-feira (3) o surgimento do primeiro caso de coronavírus no município. Conforme comunicado feito em redes sociais, a paciente incluída nas estatísticas da SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgadas no boletim desta manhã como sendo moradora do município […]

Humberto Marques Publicado em 03/06/2020, às 15h51 - Atualizado às 16h07

Vista aérea de Laguna Carapã; Secretaria Municipal de Saúde nega surgimento de casos. (Foto: Divulgação)
Vista aérea de Laguna Carapã; Secretaria Municipal de Saúde nega surgimento de casos. (Foto: Divulgação) - Vista aérea de Laguna Carapã; Secretaria Municipal de Saúde nega surgimento de casos. (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde de Laguna Carapã –a 239 km de Campo Grande– contestou nesta quarta-feira (3) o surgimento do primeiro caso de coronavírus no município. Conforme comunicado feito em redes sociais, a paciente incluída nas estatísticas da SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgadas no boletim desta manhã como sendo moradora do município deixou a cidade há 5 anos, mas, até hoje, mantém o número do Cartão SUS –levando ao vínculo inexistente.

Segundo informe da Secretaria, o caso positivo não é de Laguna Carapã, mas do distrito de Vila Vargas, de Dourados, onde vive a paciente.

“Já entramos em contato com o CIEVS [Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde] Estadual para a solicitação da correção dos dados, pois a paciente confirmada não reside em nosso município há mais de 5 anos, mas tem Cartão SUS ainda de Laguna Carapã, (sendo que a responsabilidade da troca do domicílio no Cartão SUS é do próprio paciente). Sendo assim o resultado sai para o nosso município”, destacou o comunicado.

Até terça-feira (2), último boletim divulgado pela Saúde de Laguna Carapã, havia 5 casos notificados, 5 notificados descartados e outros 12 excluídos, sem casos sintomáticos respiratórios ou suspeitos.

O boletim divulgado pela SES na manhã desta quarta-feira apontou o maior crescimento no número de casos confirmados de Covid-19 no Estado em 24 horas: foram 156, elevando o total para 1.802. O número de óbitos se mantém em 20.

Jornal Midiamax