Em Mato Grosso do Sul, 15,9% das 203 mil pessoas que realizaram teste para até agosto estavam infectadas pela doença. Os números fazem parte da PNAD Covid-19 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada nesta quarta-feira (23) pelo (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Conforme a pesquisa, foram cerca de 203 mil pessoas que realizaram algum teste para Covid-19, sendo que 32.345 testaram positivo. Assim, 99 mil sul-mato-grossenses fizeram o teste SWAB, sendo que cerca de 18,7% receberam resultado positivo, 75,8% tiveram o resultado negativo, 5,4% ainda não receberam o resultado. Das 104 mil pessoas que fizeram o exame de sangue com furo no dedo, 85,9% obtiveram resultado negativo, 13,3% tiveram o resultado positivo, 0,7% não havia recebido o resultado.

Em MS, 143 mil pessoas apresentaram algum dos sintomas de síndrome gripal e 208 mil fizeram algum tipo de teste. Destes, 8 mil com algum tipo de doença crônica testaram positivo para Covid-19.

Quanto maior o nível de escolaridade, maior foi o percentual de pessoas que fez algum teste. Em MS, o teste foi realizado em 20,7% entre as pessoas sem instrução ou com fundamental incompleto, 37,3% em pessoas com ensino médio completo ao superior incompleto, e 29,7% entre aqueles com superior completo ou pós-graduação.

Isolamento

O IBGE também detalhou dados sobre o cumprimento do isolamento social em Mato Grosso do Sul. A pesquisa revela que mulheres e idosos foram os que mais obedeceram à medida para conter o avanço do .

Em MS, 1,5% das pessoas não fez qualquer medida de restrição em agosto; 38,3% reduziram o contato, mas continuaram saindo de casa; 37,1% ficaram em casa e só saíram em caso de necessidades básicas; e 22,1% ficaram rigorosamente isolados. As mulheres registraram percentuais maiores (42,5%) que os verificados para os homens (31,6%) no cumprimento dessas recomendações.

No ranking dos estados, Mato Grosso do Sul está em 10º lugar entre os estados em que a população residente cumpriu rigorosamente as restrições de isolamento social.