Cotidiano

Homem de 54 anos é a 2ª vítima fatal do coronavírus em Aparecida do Taboado

Benedito Aparecido de Oliveira era conhecido na cidade como instrutor de autoescola; ele apresentou sintomas no fim de junho.

Humberto Marques Publicado em 16/07/2020, às 19h01 - Atualizado às 19h03

Benedito Oliveira foi internado em São José do Rio Preto e não resistiu ao coronavírus. (Foto: Reprodução)
Benedito Oliveira foi internado em São José do Rio Preto e não resistiu ao coronavírus. (Foto: Reprodução) - Benedito Oliveira foi internado em São José do Rio Preto e não resistiu ao coronavírus. (Foto: Reprodução)

Benedito Aparecido de Oliveira, 54, conhecido como “Dito da Autoescola”, é a segunda vítima fatal do coronavírus (Covid-19) em Aparecida do Taboado –a 456 km de Campo Grande. O óbito não constava no boletim estadual divulgado na manhã desta quinta-feira (16), mas já foi inserido na base de dados do município, ocorrendo uma semana depois da primeira morte da doença na cidade.

Oliveira morreu em São José do Rio Preto (SP), onde estava internado desde 2 de julho por conta da Covid-19 –o município no Bolsão mantém fortes relações com o interior paulista, com o município em questão sendo referência em diversos serviços, como os de Saúde.

Ele apresentou os primeiros sintomas em 23 de junho, procurou auxílio na rede de Saúde de Aparecida do Taboado 5 dias depois, foi medicado e liberado. Contudo, piorou no dia seguinte, seguindo para a vizinha Santa Fé do Sul (SP), onde um primeiro teste deu negativo para Covid-19. Porém, o quadro evoluiu e, em 1º de julho, ele foi transferido para Rio Preto, onde novo teste apontou a infecção no dia seguinte.

Oliveira foi intubado e permaneceu em UTI desde então. Ele teve 70% dos pulmões comprometidos e sofreu falência renal, falecendo às 22h de quarta-feira (15). O corpo chegou a Aparecida do Taboado pela manhã, conforme informou o Costa Leste News, em um caixão lacrado, sendo imediatamente sepultado (sem velório).

A vítima era conhecida em Aparecida do Taboado, trabalhando por anos como instrutor de autoescola. Oliveira deixa mulher e um filho. Trata-se da segunda morte por coronavírus na cidade –em 9 de julho, foi anunciada a morte de um morador da cidade de 72 anos, que se tratava de câncer e estava internado em Jales (SP), tendo a saúde agravada pela doença.

Boletim epidemiológico divulgado pela manhã pela Prefeitura de Aparecida do Taboado totalizava 64 casos positivos de coronavírus, com 42 pacientes já recuperados, 17 em isolamento e 3 internados. Outros 16 casos estão sob investigação. No Estado, já são mais de 15 mil infectados e 196 mortes.

Jornal Midiamax