Boletim divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) neste sábado (2) aponta que Mato Grosso do Sul totalizou, às 10h desta manhã, 266 casos confirmados de coronavírus –5 a mais em relação aos dados fechados na sexta-feira (1º). O balanço aponta, ainda, que o total de pacientes curados da Covid-19 chegou a 154.

Os números divulgados pela secretária-adjunta de Saúde, Christinne Maymone, indicam um total de 2.727 casos notificados, dos quais 2.387 foram descartados após testagem e 21 excluídos por não apresentarem sintomas da Covid-19. Há, além dos 266 casos confirmados, 53 casos sob investigação e 9 mortes.

A secretária-adjunta apontou que a curva de contaminação no Estado segue ascendente, com os 5 novos casos –um acréscimo de 1,9% sobre os 261 de sexta-feira. Os novos pacientes estão todos em isolamento domiciliar, sendo três de Campo Grande (um homem de 62 anos sem vínculo de contágio e duas mulheres, uma de 35 que teve contato com um caso confirmado e outra de 34 anos, cuja contaminação está sob apuração) e dois de Três Lagoas (uma mulher de 44 anos, cuja contaminação é investigada, e um homem de 43 que teve contato com um paciente da doença).

“Todos eles foram identificados precocemente e colocados em isolamento domiciliar”, reiterou Christinne, que também explicou que o cômputo dos casos envolve sempre o local de residência do cidadão –isto é, um morador de Mato Grosso do Sul que seja testado positivo para a Covid-19 fora do Estado entrará nas estatísticas sul-mato-grossense.

Campo Grande segue na liderança do volume de casos confirmados, com 137 no total (a cidade já registrou 2 mortes), seguida de Três Lagoas (54 e 3 óbitos), confirmando tendência de aumento nessas duas localidades. Sonora e Dourados (que teve uma morte) têm 13 casos cada uma; e Nova Andradina, 11. Há, ainda, 9 casos em Chapadão do Sul; 6 em Batayporã (2 mortes); 5 em Corumbá; 3 em Ladário; e 2 em Mundo Novo, Bataguassu e Paranaíba (esta com um óbito). Alcinópolis, Paraíso das Águas, Selvíria, Rio Verde de Mato Grosso, Miranda, Coxim, Naviraí, Sidrolândia e Ponta Porã têm um caso cada.

Internações de fora

O boletim deste sábado trouxe uma diferença na comparação com os outros, ao informar também o volume de pacientes internados que não são do Estado. Há, neste momento, 17 doentes em leitos hospitalares no Estado, mas 2 deles são de fora de Mato Grosso do Sul. “Eles não constam na nossa soma [de casos], mas decidimos dar visibilidade no boletim para que entendam como são processados. São pessoas de fora do Estado e internadas em uma de nossas unidades de saúde”, disse a secretária-adjunta.

Dos 17 internados, 13 estão em leitos clínicos (8 públicos e 5 particulares) e 4 em UTIs (um em leito público e 3 na rede privada).