Cotidiano

Coronavírus avança e secretário de saúde de MS apela para não visitarem idosas neste Dia das Mães

O titular da SES (Secretário de Estado de Saúde), Geraldo Resende, emocionou-se ao apelar que sul-mato-grossenses não saiam de casa no próximo domingo para visitar as mães, devido ao alto risco de ocorrer contaminações, como em Brasilândia, onde uma família inteira foi exposta à Covid-19 no início do mês. “Nesse dia, há mais de 30 […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 08/05/2020, às 10h49 - Atualizado às 16h32

Idosos correm maior risco com exposição ao coronavírus durante 'Dia das Mães' (Reprodução, KHN.org)
Idosos correm maior risco com exposição ao coronavírus durante 'Dia das Mães' (Reprodução, KHN.org) - Idosos correm maior risco com exposição ao coronavírus durante 'Dia das Mães' (Reprodução, KHN.org)

O titular da SES (Secretário de Estado de Saúde), Geraldo Resende, emocionou-se ao apelar que sul-mato-grossenses não saiam de casa no próximo domingo para visitar as mães, devido ao alto risco de ocorrer contaminações, como em Brasilândia, onde uma família inteira foi exposta à Covid-19 no início do mês.

“Nesse dia, há mais de 30 anos, nós nos reunimos. E este ano será o primeiro que não vamos passar juntos. É um ator de amor que mostramos a nossas mães. Gostaria de pedir a vocês que nesse fim de semana fiquemos em isolamento devido ao crescimento da doença, que procuremos formas criativas de estar com elas”, apelou Resende, entre lágrimas.

Resende revelou que a mãe tem 93 anos. “São 12 filhos, muitos netos e bisnetos. Certamente ela vai estranhar [a ausência]. Mas, mostre seu amor a sua mãe. Daqui a algum tempo vamos ter oportunidade de abraçá-las”, concluiu.

Resende e sua adjunta, Crhistine Maymone, destacaram a importância de não estar próximo às mães na data. Na última quinta-feira, inclusive, eles já haviam denunciado os riscos, relacionando o que ocorreu em Brasilândia, quando uma senhora de 70 anos foi infectada após uma festina por seu aniversário, no último dia 1º. Vários outros membros da família foram infectados desde então e outro membro da família, com 18 anos, foi visto violando a quarentena obrigatória.

“O presente que podemos dar [nesse Dia das Mães] às pessoas por quem temos afeto é a distância delas. É permanecer em casa. É o uso da máscara”, comentou Maymone.

O secretário também reforçou que Mato Grosso do Sul ocupa o último lugar do Brasil na taxa de isolamento social, o que poderá fazer a situação favorável de MS se reverter violentamente. Nesta sexta-feira (8), o Jornal Midiamax publicou reportagem sobre os riscos de visitas familiares durante a pandemia.

Jornal Midiamax