Cotidiano

É Fake: Não houve morte por coronavírus no presídio da Gameleira e nem no IPCG

Circula nas redes sociais uma imagem atribuída ao Jornal Midiamax, que diz que um detento do novo presídio da Gameleira morreu com Covid-19, causada pelo novo coronavírus após ser transferido do IPCG (Instituto Penal Campo Grande) para a Gameleira para ser tratado em ala isolada. Trata-se, no entanto, de uma notícia falsa. A imagem com […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 26/03/2020, às 07h13 - Atualizado às 14h08

Alexandre teria sido levado de volta ao Instituto Penal de Campo Grande (Divulgação)
Alexandre teria sido levado de volta ao Instituto Penal de Campo Grande (Divulgação) - Alexandre teria sido levado de volta ao Instituto Penal de Campo Grande (Divulgação)

Circula nas redes sociais uma imagem atribuída ao Jornal Midiamax, que diz que um detento do novo presídio da Gameleira morreu com Covid-19, causada pelo novo coronavírus após ser transferido do IPCG (Instituto Penal Campo Grande) para a Gameleira para ser tratado em ala isolada. Trata-se, no entanto, de uma notícia falsa.

É Fake: Não houve morte por coronavírus no presídio da Gameleira e nem no IPCGA imagem com as informações falsas começou a circular nas redes sociais na última quarta-feira (25), utilizando indevidamente a logomarca do Jornal Midiamax e simula ser um print de uma notícia real, a fim de induzir as pessoas de que o conteúdo seria verídico.

Porém, até o momento, não há nenhum registro de morte em decorrência de Covid-19, assim como não há, segundo a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), nenhum caso investigado no sistema prisional.

Na verdade, a Agepen já destinou celas especiais para isolar presos que apresentassem sintomas, o que ainda não foi necessário. As visitas a todos os estabelecimento prisionais do Estado também foram suspensas até 7 de abril, como medida preventiva à contaminação.

Jornal Midiamax