Cotidiano

Dá tempo: Trailer de vacinação contra gripe e sarampo fica na praça Ary Coelho até esta sexta

Ambas as campanhas estão com baixa adesão em Campo Grande. Trailer foi colocado para que o público alvo pudesse se imunizar.

Ana Paula Chuva Publicado em 19/06/2020, às 09h05

Trailer foi instalado para ajudar quem passa pelo centro a se imunizar. (Leonardo de França)
Trailer foi instalado para ajudar quem passa pelo centro a se imunizar. (Leonardo de França) - Trailer foi instalado para ajudar quem passa pelo centro a se imunizar. (Leonardo de França)

O trailer para ajudar na vacinação contra sarampo e gripe ainda está na Praça Ary Coelho, em Campo Grande. Esta sexta-feira (19) é o último dia de atendimento e podem se imunizar no local todos que fazem parte do público alvo das duas campanhas.

Essas campanhas acontecem ao mesmo tempo devido ao surto de sarampo que acontece no país e à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O trailer está instalado na esquina com a avenida Afonso Pena e rua 14 de Julho, desde a quarta-feira (17) e o local foi escolhido por ter grande circulação de pessoas.

População

A vendedora Glaucia Caroline, 19 anos, doente crônica, aproveitou a oportunidade para se imunizar contra gripe. Para ela o trailer foi uma ótima ideia.

vacinação gripe sarampo
(Leonardo de França)

“Muita gente não tem tempo de ir em hospital e posto de saúde por trabalhar o dia inteiro, eu sou doente crônica e só consegui me vacinar porque trabalho aqui no Centro e o trailer foi instalado”, contou.

Já o comerciante Renato Domingues, 35 anos, aproveitou a oportunidade e se vacinou contra o sarampo.“Eu vi que estavam dando vacina e perguntei se podia tomar, então aproveitei. Se você deixa de se imunizar as doenças aparecem”, disse.

Freddy Felix, 49 anos, aproveitou o trailer para imunizar a família inteira. No local ele estava com a esposa e dois filhos – 1 e 5 anos – para tomar a dose da vacina contra influenza.

“Viemos nos vacinar pela segurança. Precisamos nos prevenir contra gripe, principalmente nesses tempos”, afirmou.

Público Alvo

Vale lembrar que, contra a Influenza – gripe – podem se vacinar crianças de até cinco anos de idade, gestantes, trabalhadores da área da saúde, puérperas, adultos de 55 a 59 anos, idosos com mais de 60 anos, indígenas, pessoas com deficiência, população privada de liberdade.

Além de funcionários do sistema prisional, professores de escolas públicas e privadas, profissionais da segurança e salvamento, caminhoneiros, profissionais do transporte coletivo e pessoas com comorbidades.

Já na campanha contra o Sarampo somente pessoas entre 20 e 49 anos de idade podem tomar a vacina.

Campanhas

Ambas as campanhas tiveram início no dia 23 de março. Contra gripe 84% do público alvo em Campo Grande já foi imunizado, mas crianças menores de cinco anos, gestantes, puérperas e pessoas com idade entre 55 e 59 anos de idade ainda não atingiram nem metade da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, que é de 90%.

Para a campanha contra o Sarampo não é estipulada meta, já que a vacinação é para aplicar uma dose de rotina em pessoas com idade entre 20 e 49 anos.

Segundo  a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), até a última terça-feira (16), 211.804 pessoas procuraram as unidades de saúde da Capital para se imunizar contra a influenza. Para tomar a tríplice viral, que protege contra o sarampo, apenas 4.404 pessoas estiveram nas unidades. Essas vacinas são oferecidas em todas as UBSs e USFs de Campo Grande. 

Jornal Midiamax