Com pandemia, aulas presenciais seguem sem prazo de retorno nas universidades públicas de MS

Diante da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, diversos setores foram afetados e precisaram modificar as atividades planejadas para 2020. Um deles é o da educação, no ensino superior, diversas universidades suspenderam as aulas presenciais e cancelaram até mesmo o calendário acadêmico deste ano. Na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), as aulas […]
| 28/04/2020
- 20:11
(Foto: Arquivo Midiamax)
(Foto: Arquivo Midiamax) - (Foto: Arquivo Midiamax)

Diante da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, diversos setores foram afetados e precisaram modificar as atividades planejadas para 2020. Um deles é o da educação, no ensino superior, diversas universidades suspenderam as aulas presenciais e cancelaram até mesmo o calendário acadêmico deste ano.

Na UFMS (Universidade Federal de ), as aulas presenciais foram suspensas e o sistema virtual de ensino foi adotado. Segundo a instituição, “por enquanto não há alteração de calendário acadêmico e nem da data de retorno” para as aulas presenciais.

Em nota, a UFMS explicou que as unidades da instituição tiveram até a última segunda-feira (27) para enviar um retorno sobre a Matriz do Plano de Contingência e as necessidades de estudos de biossegurança. Segundo a universidade, o plano “indica uma série de medidas que devem ser tomadas antes de se planejar o retorno presencial das atividades administrativas e acadêmicas”.

Já na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) o calendário acadêmico foi suspenso por tempo indeterminado. Em relação ao retorno das aulas à distância, a instituição informou por nota que ainda estuda a viabilidade para alunos e professores.

Uma das questões levantadas é “a ausência ou insuficiência de estruturas de telecomunicação por parte de alunos e de docentes, o que impede ou dificulta a participação em aulas e atividades a distância”. Sobre os estudos para possível retorno das aulas presenciais a universidade informa que estão sendo feitos com acompanhamento das determinações e diretrizes governamentais, como o Ministério da Educação e o .

A (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) suspendeu as aulas presenciais e recentemente divulgou a decisão de antecipar o recesso do meio do ano, para alunos e professores. As férias agora deverão acontecer entre 04 e 17 de maio.
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) manteve o calendário acadêmico de 2020, mas suspendeu as aulas presenciais até o dia 02 de maio. Como a data de retorno está próxima, o instituto irá realizar uma nova reunião para definição das medidas que serão tomadas.
Com a suspensão do ensino presencial, o IFMS também adotou aulas em ambiente virtual. “O IFMS está realizando uma pesquisa junto à comunidade para saber quais as dificuldades que estudantes e servidores enfrentam com a adoção das atividades não presenciais”, lembram em nota.

Veja também

O pequeno Rafael, de 5 anos, necessita de um ventilador mecânico para sair do Hospital...

Últimas notícias