Cotidiano

Com baixa procura, Sesau leva vacinação contra pólio a shopping neste sábado

Campo Grande registra uma significativa baixa na procura pela campanha de vacinação contra a poliomielite e a de multivacinação, para atualização da caderneta de crianças e adolescentes de até 15 anos de idade. Com isso, neste sábado (14), a Sesau vai atender em um ponto de vacinação temporário, desta vez no shopping Campo Grande.  Desde […]

Mariane Chianezi Publicado em 12/11/2020, às 17h42

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação - Imagem: Divulgação

Campo Grande registra uma significativa baixa na procura pela campanha de vacinação contra a poliomielite e a de multivacinação, para atualização da caderneta de crianças e adolescentes de até 15 anos de idade. Com isso, neste sábado (14), a Sesau vai atender em um ponto de vacinação temporário, desta vez no shopping Campo Grande. 

Desde o mês de outubro, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) tem adotado diversas medidas para tentar aumentar a adesão do público, principalmente para a imunização contra a poliomielite, doença que provoca a paralisia infantil. Apesar dos esforços, a procura pela prevenção da doença ainda é baixa.

“Nós temos mais de 48 mil crianças entre um e menores de cinco anos para vacinar, até agora menos de 21,5 mil foram imunizadas, isso não é nem metade do público”, explica o titular da pasta, José Mauro Filho. No último sábado (7) um stand chegou a ser montado no Pátio Central.

Depois do primeiro Dia D da campanha, a secretaria instalou pontos temporários em vários shoppings da cidade aos finais de semana, e abriu as portas de 58 unidades de saúde no último sábado (7), para tentar atrair um público maior. 

“Essas ações são um chamariz para que os responsáveis por crianças e adolescentes, que não conseguem levá-los a uma unidade de saúde durante a semana, procure um desses pontos para colocar a caderneta em dia”, explica o secretário. 

A equipe de vacinação estará no Shopping Campo Grande neste sábado, das 10h às 19h, para atualizar a caderneta de imunobiológicos de crianças e adolescentes com até 15 anos de idade, e para vacinar quem tem de 12 meses a menos de cinco anos contra poliomielite.

Essa segunda dose é dada indiscriminadamente para a criança na faixa etária, independente da carteirinha estar ou não atualizada.

Jornal Midiamax