Cotidiano

Campo-grandense é multado em R$ 25 mil por incêndio e exploração ilegal de madeira

Um campo-grandense de 59 anos foi multado em R$ 25 mil neste sábado (18) por ter incendiado madeira protegida por lei e degrado uma parte da nascente do Rio Taquarussu, em Aquidauana, a 140 quilômetros de distância de Campo Grande. Segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental), o homem derrubou a vegetação com uso de máquinas, […]

Karina Campos Publicado em 19/07/2020, às 13h42

(Foto: Divulgação PMA)
(Foto: Divulgação PMA) - (Foto: Divulgação PMA)

Um campo-grandense de 59 anos foi multado em R$ 25 mil neste sábado (18) por ter incendiado madeira protegida por lei e degrado uma parte da nascente do Rio Taquarussu, em Aquidauana, a 140 quilômetros de distância de Campo Grande.

Segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental), o homem derrubou a vegetação com uso de máquinas, incendiou e ainda gradeou com trator até sete metros das nascentes, quando deveriam ser preservados 50 metros.

“Policiais verificaram a derrubada de 10 árvores nativas da espécie angico dentro da área protegida de matas ciliares do rio Taquarussu, que corta a propriedade, para exploração da madeira, tudo sem autorização do órgão ambiental. A madeira estava sendo desdobrada em estacas para cerca. Foram apreendidas 100 estacas provenientes da exploração ilegal”, explicou a PMA.

Além da multam ele foi autuado administrativamente e responderá por duas infrações: crime ambiental de degradação de área protegida, com pena de detenção de um a três anos e por exploração ilegal de madeira, com pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada.

Jornal Midiamax