Campo Grande fecha esta segunda com 94,5% dos leitos de UTI ocupados  

No final da tarde desta segunda-feira (21), Campo Grande alcançou 94,5% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).
| 21/12/2020
- 22:23
Campo Grande fecha esta segunda com 94,5% dos leitos de UTI ocupados  
Secretário da Saúde disse que MS deve ter mais 102 leitos e atingiu limite de expansão de vagas. (Foto: Arquivo Midiamax) - Secretário da Saúde disse que MS deve ter mais 102 leitos e atingiu limite de expansão de va

No final da tarde desta segunda-feira (21), Campo Grande alcançou 94,5% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Na manhã deste mesmo dia, a taxa era de 96,4%.

De acordo com os dados do Painel Mais Saúde, disponibilizado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), existem 513 leitos de UTI na Capital, distribuídos em oito hospitais. Desses, 485 estão ocupados, ou seja, apenas 28 estão disponíveis para novas internações.

Assim, o município está entre as capitais com as piores taxas de ocupação de leitos UTI. Na manhã desta segunda-feira, Campo Grande era a capital com maior taxa de ocupação do país.

Leitos em Campo Grande

O Painel Mais Saúde disponibiliza a quantidade de leitos disponíveis e ocupados de cada hospital da Capital. Sendo assim, o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), referência no tratamento de coronavírus no Estado, está com 97,8% dos leitos de UTI ocupados. Então, dos 135 leitos do hospital, apenas três estão disponíveis.

Assim, o painel informa que na Clínica Campo Grande, os 33 leitos de UTI estão ocupados. Já no Hospital Adventista do Pênfigo, existem três vagas disponíveis e outros 47 leitos deste tipo estão com pacientes.

Também com três leitos UTI disponíveis, o Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian) possui 15 leitos ocupados. Já no Hospital de Câncer Alfredo Abrão, dos 20 leitos, apenas dois estão disponíveis. Nas instalações da , não existem leitos de UTI disponíveis.

No Hospital da , existem 43 leitos ocupados e sete com vaga para pacientes. Então, no Proncor, apenas um, dos 20 leitos, está disponível. Por fim, na Santa Casa foram registrados 105 leitos de UTI ocupados e nove disponíveis para novas internações.

Veja também

Além da eventual reparação na esfera trabalhista, o réu foi denunciado pelo MPMS pelo crime de calúnia

Últimas notícias