Cotidiano

Aulas suspensas: SED vai fazer levantamento de quantas crianças dependem de merenda

A secretária da SED (Secretaria de Estado de Educação), Maria Cecília Amendola Motta declarou em entrevista coletiva nesta terça-feira (17), que a pasta vai fazer um levantamento da quantidade de crianças que dependem das merendas para manterem a alimentação. Por conta do coronavírus, o Covid-19, o Governo do Estado publicou um decreto suspendendo as aulas […]

Vinícius Costa Publicado em 17/03/2020, às 15h52 - Atualizado em 18/03/2020, às 08h12

Governo decretou situação de emergência devido ao Coronavírus.(Reprodução, Facebook Governo de MS)
Governo decretou situação de emergência devido ao Coronavírus.(Reprodução, Facebook Governo de MS) - Governo decretou situação de emergência devido ao Coronavírus.(Reprodução, Facebook Governo de MS)

A secretária da SED (Secretaria de Estado de Educação), Maria Cecília Amendola Motta declarou em entrevista coletiva nesta terça-feira (17), que a pasta vai fazer um levantamento da quantidade de crianças que dependem das merendas para manterem a alimentação.

Por conta do coronavírus, o Covid-19, o Governo do Estado publicou um decreto suspendendo as aulas nas escolas estaduais entre os dias 23 de março e 6 de abril, com os próximos dias sendo para adaptação da comunidade escolar.

Com o risco de aglomerações em um espaço e a disseminação do vírus da doença, Maria Cecília afirmou que vai priorizar as crianças que necessitam e por isso, estará sendo feito um levantamento das crianças que possuem bolsa família e estão envolvidas em projetos sociais.

“Nada impediria de as escolas continuarem oferecendo a merenda para o aluno ir para a casa, mas a gente não estaria evitando a quantidade de pessoas no mesmo espaço. Então nós vamos priorizar as crianças que realmente necessitam, fazer um levantamento e assim fazer a merenda e a criança com a família vai até a escola se alimentar”.

Jornal Midiamax