Cotidiano

Coronavírus: particulares retomam aulas presenciais com salas vazias em Campo Grande

Com número reduzidos de alunos, diversas medidas de biossegurança e um controle de pessoas nos espaços de ensino, esta segunda-feira (21), é marcada pelo retorno das aulas presenciais nas escolas particulares de Campo Grande. A Escola Paulo Freire está entre os colégios que já começaram a receber seus alunos. De acordo com a diretora, Adelina […]

Gabriel Neves Publicado em 21/09/2020, às 08h29 - Atualizado às 11h38

Aluno do Colégio Paulo Freire sendo recepcionado na entrada da escola. (Foto: Henrique Arakaki)
Aluno do Colégio Paulo Freire sendo recepcionado na entrada da escola. (Foto: Henrique Arakaki) - Aluno do Colégio Paulo Freire sendo recepcionado na entrada da escola. (Foto: Henrique Arakaki)

Com número reduzidos de alunos, diversas medidas de biossegurança e um controle de pessoas nos espaços de ensino, esta segunda-feira (21), é marcada pelo retorno das aulas presenciais nas escolas particulares de Campo Grande.

A Escola Paulo Freire está entre os colégios que já começaram a receber seus alunos. De acordo com a diretora, Adelina Spengler, apenas 20 crianças voltaram ao ensino presencial do período matutino, na parte da tarde a escola pretende receber 48 alunos.

Parcela pequena se comparada ao total de 120 alunos que frequentavam o colégio no período da manhã e 200 durante a tarde. Apesar disso, a diretora acredita que o número irá aumentar durante o passar das semanas. “Os pais vão percebendo que a volta está tranquila e que está dando certo e vão deixando os filhos voltarem aos poucos”, explicou.

Coronavírus: particulares retomam aulas presenciais com salas vazias em Campo Grande
Criança entrando na sala de aula. (Foto: Henrique Arakaki)

Não somente os alunos voltaram de forma escalonada, “os professores também irão retornar conforme a demanda, até porque nós não queremos uma aglomeração de adultos nas salas e pátio do colégio”, explicou a diretora.

Nesta segunda o colégio conta com 12 professores, que além do ensino estão encarregados de tomarem todas as medidas de higienização necessárias, ao todo 55 colaboradores já voltaram com suas atividades presenciais na escola.

Coronavírus: particulares retomam aulas presenciais com salas vazias em Campo Grande
Renato Colombo, pai de aluna que retornou às aulas presenciais. (Foto: Henrique Arakaki)

Renato Colombo, 41 anos, conta que sua filha ficou em casa com a mãe, desde o início da quarentena, já que ele não pode parar de ir ao trabalho e acha importante a retomada do ensino presencial.

“Acho importante a volta as aulas, porque as crianças perderam muito com essa história de pandemia, então é importante elas voltarem a escola e com isso a gente ir voltando com nossa rotina”, explicou Renato ao deixar a filha na porta do colégio.

Jornal Midiamax