Cotidiano

Após mais de 50 dias na UTI, pastor vence coronavírus e deixa hospital

O pastor Gladiston Amorim, ou pastor Dinho, da igreja Ministério Atos de Justiça, foi considerado curado da covid-19 e deve receber alta do hospital onde está internado nesta quarta-feira (14). O líder religioso ficou em estado grave e foi levado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Nas redes sociais, fiéis comemoraram a recuperação do […]

Fábio Oruê Publicado em 14/10/2020, às 17h37 - Atualizado em 15/10/2020, às 10h56

Pastor venceu a covid-19 (Imagem: Reprodução/ Redes Sociais)
Pastor venceu a covid-19 (Imagem: Reprodução/ Redes Sociais) - Pastor venceu a covid-19 (Imagem: Reprodução/ Redes Sociais)

O pastor Gladiston Amorim, ou pastor Dinho, da igreja Ministério Atos de Justiça, foi considerado curado da covid-19 e deve receber alta do hospital onde está internado nesta quarta-feira (14). O líder religioso ficou em estado grave e foi levado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Nas redes sociais, fiéis comemoraram a recuperação do pastor, que ficou mais de 50 dias internado na UTI. Membros da igreja fizeram correntes de oração e vigílias na porta do hospital em prol da saúde do líder religioso.

Atual prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), postou nas redes sociais sobre a recuperação do pastor. “Mostra que Deus, nosso Senhor, jamais deixa de amparar aqueles que O servem”, escreveu ele.

Antes de ser internado, o pastor havia postado vídeos em que defendia o tratamento precoce da Covid-19. Nas publicações, ele explica que começou o tratamento precoce com ivermectina, hidroxicloroquina e azitromicina desde o primeiro dia que teve febre.

Confira o vídeo gravado no hospital:

Jornal Midiamax