Cotidiano

Após casos de pichação, fiscalização e rondas serão intensificadas em monumentos

A Prefeitura de Campo Grande registrou um boletim e a Polícia Civil está apurando para encontrar os responsáveis pelo vandalismo no Monumento Maçom e o totem, na Avenida Gury Marques. A Guarda Municipal irá intensificar as rondas nas regiões com patrimônios históricos da cidade. Em nota, a prefeitura lamentou os danos aos patrimônios da cidade, […]

Karina Campos Publicado em 30/09/2020, às 15h51 - Atualizado às 17h20

Equipes limpando os monumentos na manhã de hoje. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
Equipes limpando os monumentos na manhã de hoje. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - Equipes limpando os monumentos na manhã de hoje. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

A Prefeitura de Campo Grande registrou um boletim e a Polícia Civil está apurando para encontrar os responsáveis pelo vandalismo no Monumento Maçom e o totem, na Avenida Gury Marques. A Guarda Municipal irá intensificar as rondas nas regiões com patrimônios históricos da cidade.

Em nota, a prefeitura lamentou os danos aos patrimônios da cidade, ressaltando que mesmo em período eleitoral, depredar monumentos é gerar prejuízos a toda população, independente do gestor e partido.

A polícia está investigando o caso e apurando imagens de circuito de segurança de locais próximos, para identificar os vândalos.

Foi determinado pela Semsp (Secretaria Municipal de Segurança Pública), que equipes da Guarda vão intensificar as rondas nos locais que patrimônios públicos estão instalados, para evitar novas depredações no município.

Equipes da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), estiveram na manhã de hoje tentando limpar a tinta vermelha com água, sabão e produtos para limpeza de pedra, além de jatos d´água e esfregadores para retirar a tinta vermelha jogada no local. Antes, moradores também tentaram ajudar retirando a sujeira, mas sem sucesso.

Jornal Midiamax