Cotidiano

Anta resgatada de incêndio na Serra do Amolar será levada para o Cras de Campo Grande

A anta resgatada com queimaduras nas patas e pernas, no domingo (11), será levada para o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Selvagens) de Campo Grande até terça-feira (13). O animal de quase 170 quilos está debilitado pelas lesões causadas pelo incêndio na Serra do Amolar, em Corumbá. De acordo com o IHP (Instituto Homem […]

Karina Campos Publicado em 12/10/2020, às 14h32 - Atualizado às 15h06

Animal deve chegar até terça-feira (13) para tratamento no Cras. (Foto: Divulgação)
Animal deve chegar até terça-feira (13) para tratamento no Cras. (Foto: Divulgação) - Animal deve chegar até terça-feira (13) para tratamento no Cras. (Foto: Divulgação)

A anta resgatada com queimaduras nas patas e pernas, no domingo (11), será levada para o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Selvagens) de Campo Grande até terça-feira (13). O animal de quase 170 quilos está debilitado pelas lesões causadas pelo incêndio na Serra do Amolar, em Corumbá.

De acordo com o IHP (Instituto Homem Pantaneiro), a anta foi encontrada por moradores machucada pelas chamas, em uma lagoa ao fundo da pista de pouso da serra.

“Os moradores de um sítio (2 Corações) avistaram a anta na sexta-feira (9), e acharam que as lesões eram superficiais, mas no outro dia observaram que ela estava muito debilitada e acionaram as organizações não-ambientais que atuam na região”, explicou o veterinário do instituto Diego Viana.

Inicialmente, ela foi levada para o aeroporto do município, onde foi recebida pelos veterinários da Fundação Municipal de Meio Ambiente, porém, o local não tem estrutura para um tratamento intenso e será transportada pelo helicóptero da Marinha até o Cras da Capital.

Jornal Midiamax