Cotidiano

Angélica confirma primeiro caso e entra nas estatísticas do coronavírus em MS

Mulher de 30 anos é o primeiro caso positivo de Covid-19 em Angélica, que colocou 15 pessoas em isolamento domiciliar

Humberto Marques Publicado em 08/06/2020, às 17h39 - Atualizado às 17h51

Centro de Angélica; mulher de 30 anos é o primeiro caso positivo de Covid-19 na cidade. (Foto: Jornal da Nova/Reprodução)
Centro de Angélica; mulher de 30 anos é o primeiro caso positivo de Covid-19 na cidade. (Foto: Jornal da Nova/Reprodução) - Centro de Angélica; mulher de 30 anos é o primeiro caso positivo de Covid-19 na cidade. (Foto: Jornal da Nova/Reprodução)

O município de Angélica –a 276 km de Campo Grande– entrou nesta segunda-feira (8) nas estatísticas oficiais do coronavírus em Mato Grosso do Sul. A prefeitura confirmou o primeiro caso positivo e o isolamento de 15 pessoas.

Em nota oficial, a Secretaria Municipal de Saúde de Angélica informou que a paciente tem 30 anos e está internada. “Foi feita a triagem de todos os contatos e os mesmos estão em isolamento domiciliar”, ressalta o documento.

Dentre os pacientes em observação, 11 estão na sede do município e 4 no distrito de Ipezal.

Com 10,3 mil habitantes, Angélica está localizada no Vale do Ivinhema, sendo vizinha de Nova Andradina. Dos 10 municípios daquela região, apenas 3 ainda não registraram pacientes de Covid-19: Anaurilândia, Santa Rita do Pardo e Novo Horizonte do Sul.

Na nota, a administração de Angélica pede que a população fique em casa, evite aglomerações e contato físico e o deslocamento para municípios vizinhos. A busca por serviços de Saúde deve ocorrer em caso de real necessidade, “pois a superlotação do hospital e das unidades básicas de Saúde prejudica o atendimento daqueles que de fato estão necessitando de atendimento”.

Nesta segunda-feira, boletim da Secretaria de Estado de Saúde –fechado às 19h de domingo (7)– confirmou 2.324 casos positivos de coronavírus no Estado, com 22 mortes.

Jornal Midiamax